in ,

Jorge e Mateus comemoram 15 anos de carreira e viram assunto no trending topics do Twitter

Em 2005, o então advogado Jorge conhecia o engenheiro agrônomo Mateus durante um churrasco em uma fazenda, no município de Itu, São Paulo. Ao notarem a sintonia, surgiu a dupla Jorge e Mateus que gravaram um disco em 2006, na garagem da casa de Mateus e o disco chamou atenção da Universal Music. Assim, em 2007, eles lançaram o primeiro grande sucesso da dupla, no álbum “Ao Vivo em Goiânia” com a música “Pode Chorar”. De lá para os anos atuais, eles rodaram o muito, lançaram grandes hits e se tornaram uma das principais duplas sertanejas do Brasil.

Jorge e Mateus completam 15 anos de carreira
Jorge e Mateus comemoram 15 anos de carreira e viram assunto no trending topics do Twitter/Foto: Breno da Matta

Por essa razão, em comemoração aos 15 anos de carreira, os fãs subiram a tag: “JORGE E MATEUS 15 ANOS“, que é uma das principais do Twitter nesta terça-feira, (26).

 

Após live, Jorge e Mateus estreiam em parada da Billboard nos EUA

As ótimas notícias não param de chegar para Jorge e Mateus. Dias após estrelarem uma das maiores lives do Brasil, a dupla apareceu pela primeira vez em uma parada da Billboard – mais precisamente a Social 50, que mede o engajamento dos artistas do mundo inteiro nas redes sociais.

A “live-show” de Jorge e Mateus chegou ao pico de 3,1 milhões de usuários conectados e dominou os assuntos mais falados no Twitter no último fim de semana. A repercussão do momento histórico segue em alta nas redes sociais e foi fundamental para que a dupla estreasse em um chart norte-americano.

Após término tumultuado de parceria, ex-empresário de Jorge e Mateus afirma: “Não quero prejudicá-los”

Uma grande polêmica nos bastidores do sertanejo veio à tona. Após romperem com o escritório AudioMix, do empresário Marcos Araújo e decidirem cuidar da própria carreira, Jorge e Mateus terão que enfrentar o ex-parceiro na justiça. Marcos trabalhou com Jorge e Mateus por mais de 10 anos e o jornalista Léo Dias conta os bastidores dessa disputa!

Segundo ele, o empresário pede mais de R$ 31 milhões como multa de fim de contrato.  O advogado disse em entrevista que atualmente há uma possibilidade remota de acordo, mas que o clima geral é de muito mágoa entre as partes e ressaltou que rompimentos desse tipo geralmente é de aproximadamente R$50 milhões.

De acordo com a publicação, esse valor, pedido por Marcos Araújo, é baseado no documento original de agenciamento estabelecido por eles, onde não havia prazo determinado para o controle dos direitos da dupla.

Ou seja, não há uma data específica para a AudioMix deixar de ser a controladora da carreira da dupla e a empresa entende que, por isso, deve receber o valor da multa rescisória, que era de R$ 15 milhões na ocasião das assinaturas. O valor atualizado, com juros, chega a mais de R$ 31.7 milhões.

Porém, a equipe jurídica de Jorge e Mateus explica que em razão do contrato de agenciamento artístico não ter prazo final determinado, entende-se que 10 anos seria um período mais do que razoável para sua conclusão. Os advogados de Jorge e Mateus argumentam, então, que o valor jurídico do contrato acabou em abril de 2017.

E ainda acrescentam que esse fato era de conhecimento de Marquinhos, já que naquela época ele teria tentado renovar o contrato com os cantores, mas os artistas não aceitaram já naquela ocasião..

Escrito por Helena Marques

Versão de “Same Old Love” na voz da Rihanna circula na Internet

Demi Lovato conta como foi crescer com Miley Cyrus, Selena Gomez e Jonas Brothers