in

Jessie J revela que não pode ter filhos de forma natural e faz discurso emocionante

Jessie J parece estar em um momento muito feliz. Tudo indica que ela está namorando com o ator Channing Tatum e as coisas estão ficando sérias, mas no show que ela fez na terça-feira (13) em Londres acabou revelando uma situação triste. A cantora não pode ter filhos de forma natural.

Após performar a música “Four Letter Word”, ela disse: “Me disseram há quatro anos que eu não posso ter filhos. Eu decidi manter isso em privado, mas eu entendo que eu sou uma entre milhões de mulheres e homens que passaram por isso e vão passar por isso”.

Jessie deu valiosos conselhos para quem sofre do mesmo problema. “Não pode ser algo que nos define, mas eu queria escrever essa música para mim mesma em meu momento de dor e tristeza, mas também para me dar alegria. Quis dar a outras pessoas algo que elas possam ouvir naquele momento, naqueles mais difíceis”, explicou.

“Alguém está pronto para mim, esperando / Para sentir todo meu amor, seremos você e eu / Nunca vou desistir, mesmo que isso acabe comigo / Sinto em meu coração que nós vamos encontrar um ao outro / Você será meu bebê, eu serei sua mãe”, canta ela em “Four Letter Word”, parte do recente álbum “R.O.S.E.”.

“Então, se você já viveu alguma coisa com isso ou viu alguém passar por isso ou ter perdido um filho, então, por favor, saiba que você não está sozinho em sua dor e eu estou pensando em você quando eu canto essa música”, falou.

Em 2013, a cantora chegou a vontade de ter um filho “muito em breve”. “Quando fiz 25 anos, algo mudou em mim. Eu vejo crianças no meu futuro 100 por cento”, disse à Marie Claire.

Apesar de ter problemas de concepção, Jessie J ainda pode tentar outros métodos como a adoção ou investir em avanços da medicina nesta área.

Assista ao vídeo do discurso:

Escrito por Caian Nunes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ROCKline: CHVRCHES anuncia EP para esta sexta

Meninas do Little Mix tiram a roupa para mostrar vulnerabilidade e denunciar preconceitos