in

Jason Derulo acusa companhia aérea de racismo

O cantor Jason Derulo, dono de 11 singles platinados e mais de 50 milhões de cópias vendidas de suas músicas mundialmente, afirma ter sofrido discriminação racial no aeroporto de Miami. O americano postou no Instagram que foi destratado pela companhia aérea American Airlines. Segundo o artista, um funcionário da empresa ligou para a polícia “como se ele fosse um criminoso”, após uma confusão com a bagagem no check-in.

Para Jason Derulo, a empresa só passou a tratá-lo bem quando o reconheceu. “Não é ok quando você descobre quem eu sou e muda o comportamento! Dane-se! Quero respostas!”, escreveu.

https://instagram.com/p/BQRPlOEj79s/

De acordo com o Local News 10, a polícia disse que a equipe de Jason Derulo chegou ao aeroporto 45 minutos antes do voo causou confusão porque queria despachar 19 malas. A empresa só permite que três malas sejam despachadas de graça. Com o conflito, o piloto supostamente pediu que o staff do cantor se retirasse do avião. Já a American Airlines diz que, antes da decolagem, um passageiro desistiu de viajar e queria pegar suas malas, por isso o avião voltou para o portão. Cada um diz algo diferente!