in ,

Inspirado no deus Dionísio, Baco Exu do Blues promete gravar seu terceiro álbum em apenas duas semanas

Artistas são movidos [a todo tempo] pelo desafio criativo. Baco Exu do Blues não foge à regra e já tem mais um a cumprir: após fazer de “Bluesman” o álbum mais aclamado pela imprensa especializada do ano passado, o rapper está prestes a se enfiar com sua equipe no antológico estúdio “Toca do Bandido”, no Rio de Janeiro, por duas semanas e produzir seu terceiro disco exatamente neste tempo.

Foto: Roncca

Nomes consagrados e da nova cena já confirmaram uma visita e a participação no projeto do cantor baiano. A ideia inicial é que a temática da narrativa do álbum esteja ligada a Dionísio, deus do vinho, da ebriedade e dos excessos, também conhecido como Baco.

Será a continuação da trilogia iniciada com “Esu” (2017), disco que projetou o baiano para o cenário nacional e “Bluesman” (2018), que teve curta metragem premiado em Cannes.

“Gosto de desafios e entendo que gravar um álbum de qualidade com importantes nomes da nossa música, morando duas semanas num estúdio com minha equipe vai me deixar ainda mais focado. Acho que mais uma vez vamos surpreender com nosso novo projeto. Podem esperar”, promete Baco.

Escrito por Daiv Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Contratante cancela show de MC Gui após episódio de bullying com criança

Zayn escala parada e entra no Top 40 global do Spotify com “Trampoline”