Hayley Williams fala sobre os abusos sexuais na indústria musical: "Faz meu estômago doer". Foto: Lindsey Byrnes
Hayley Williams fala sobre os abusos sexuais na indústria musical: "Faz meu estômago doer". Foto: Lindsey Byrnes
in ,

Hayley Williams fala sobre os abusos sexuais na indústria musical: “Faz meu estômago doer”

Nos últimos anos as artistas têm se unido fortemente para mostrar a sua indignação contra os abusos sexuais na indústria do entretenimento, principalmente na música. Através do seu Twitter, Hayley Williams, vocalista do Paramore, se mostrou exausta com toda a situação e relatou: “Faz meu estômago doer e meus olhos ficam vermelhos“, disse Williams.

No tweet ela falou sobre histórias não especificadas de abuso sexual e psicológico nas mãos de homens em bandas ou em outras partes da indústria musical. “Isso é tão prolixo. Eu sinto muito. É difícil ser conciso sobre algo tão enfurecedor“, escreveu a cantora.

Hayley Williams fala sobre os abusos sexuais na indústria musical: "Faz meu estômago doer". Foto: Lindsey Byrnes
Hayley Williams fala sobre os abusos sexuais na indústria musical: “Faz meu estômago doer”. Foto: Lindsey Byrnes

Hayley ainda se mostrou orgulhosa por ser uma mulher à frente de uma banda de pop/rock: “É tão louco para mim como uma vocalista pode ser uma inspiração tão poderosa para tantos jovens, que nos vêem muito ‘no controle’ de nós mesmos e de nosso entorno imediato quando estamos no palco. A verdade é que todos nós, ‘artistas da música’, somos antes de tudo seres humanos“.

Williams disse que o comportamento dos homens é “indesculpável”, fruto de uma cultura machista: “Eles também são definitivamente vulneráveis ​​e infelizmente – conscientemente ou não – envolvidos na toxicidade de uma cultura que existia muito antes de a maioria de nós se tornar um fator nela. Sou rara por não ter histórias de terror reais. Estou aqui para ajudar na proteção de mulheres e jovens que estejam começando na cena musical “.

Fãs apoiam desabafo de Hayley Williams

Com uma fã base que cresceu ouvindo Paramore, várias meninas, que agora são adultas, falaram como a postura de Hayley no comando da banda foi importante para que elas desenvolvessem segurança.

“Obrigado por isso! Ainda me lembro de quando o Paramore estava no palco na sala de estar em Providence e algum idiota jogou uma camisinha em você. Você pegou tudo e quando o cara aplaudiu, você o chamou por ser um esquisito. Isso me inspirou a começar a gritar contra os abusos também”.

“Obrigada por postar isso. Eu nunca me senti desconfortável ou ameaçado em um show do Paramore. A cena musical é um lugar assustador para meninas menores de idade e posso atestar isso. Mas os shows do Paramore sempre foram um consolo”

“Isso foi tão importante. O abuso na indústria da música tem sido muito invisível por muito tempo. Espero que isso incentive as vítimas a chamar e nomear seus agressores, no seu próprio tempo, é claro. Quem sabe quantos outros compartilham seu trauma?”

 

Escrito por Helena Marques

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anitta entra em duas paradas da Billboard com “Tócame”

Katy Perry fala sobre antiga briga com Taylor Swift