Foto: Daniel Cires/Divulgação
in

Gusttavo Lima e Four Even falam sobre venda dos shows

“Nosso interesse é montar um grupo de artistas para que esse fundo de negócios possa crescer mais e mais”, revela Gusttavo Lima

O fundo de investimentos Four Even anunciou oficialmente a compra dos shows de Gusttavo Lima durante um coquetel exclusivo para 20 convidados para anunciar oficialmente a parceria entre eles, que aconteceu na noite desta segunda-feira (7), em São Paulo.

O grupo formado por Augusto Castro, Léo Góes (On Line Entretenimento), Bete Dezembro (Fábrica de Eventos), Celso Almeida e Fernando Almeida (Almeida Eventos) é responsável por contratar, antecipadamente, toda a agenda de shows do artista prevista para 2022. Ao todo, serão 192 apresentações a serem realizadas, em todo Brasil, através do acordo. Para mostrar as suas credenciais, a marca Four Even está sendo lançada com o anúncio dessa importante parceria.

A negociação, estimada em R$ 100 milhões, não impede que o artista faça novos shows para além dos já adquiridos pelo fundo. Segundo Gusttavo Lima, “o compromisso atual do contrato é esse número, mas, nada impede que façamos mais shows. Esse é o contexto básico do contrato, mas, podemos ir muito mais além do que isso”.

Foto: Daniel Cires/Divulgação

Em um cenário ainda incerto de como será a retomada dos shows presenciais, o POPline.Biz é Mundo da Música questionou o cantor se a iniciativa de vender seus shows previstos para 2022 foi baseada em um planejamento estratégico de carreira. O cantor prontamente respondeu que “sim, com toda certeza”.

“O Brasil é reflexo do que acontece em outros países, a exemplo dos Estados Unidos e Europa. Pelo mundo, já vemos artistas retomando a agenda no segundo semestre, a partir de agosto/setembro e grandes eventos sendo anunciados para o final deste ano e começo do próximo. Acredito que a tendência por aqui também será essa, com todos vacinados e com o fim dessa pandemia. Nosso interesse é montar um grupo de artistas para que esse fundo de negócios possa crescer mais e mais”, completa Gusttavo Lima.

Em uma negociação pioneira no Brasil, o sertanejo protagoniza a primeira vez que um fundo investe na compra de shows no país. “Estou muito feliz por fazer parte de tudo isso”, revela. “Acredito que ele veio realmente para mudar a forma de fazermos entretenimento e música no nosso país. Além disso, é algo que vai movimentar o mercado financeiro de uma forma diferente, o que será muito saudável para todos os envolvidos. Como diz o ditado: sozinho, podemos ir para algum lugar, mas, juntos, somos imbatíveis”, completa Gusttavo Lima.

Vale destacar que , pelo acordo, a Four Even administrará a agenda de shows do cantor em parceria com o escritório Balada Eventos.

Foto: Daniel Cires/Divulgação

Expectativa dos investidores

Com uma proposta de estruturação inovadora para o mercado artístico brasileiro, o fundo é operado pela Contea Capital – corretora especializada em fundos de investimentos estruturados. Com isso, a Four Even pretende inovar nas ações e promover o renascimento do mercado musical no Brasil, unindo o talento do artista à capacidade de gestão e investimento dos maiores empreendedores do meio.

Os sócios Bete Dezembro e Léo Góes estão otimistas. Acreditam que “2022 será um ano promissor para o mercado de shows”. Os empresários ainda rasgaram elogios a Gusttavo Lima, colocando-o como um dos maiores artistas do Brasil e com potencial de continuar crescendo ainda mais no cenário da música e do entretenimento. “Por isso, apostamos nele para iniciarmos esse fundo. Antes de colocarmos a ideia em prática, foram realizados diversos estudos baseados em modelos internacionais e estamos bem estruturados para o que vem por aí”, comentam.

Em entrevista, Bete destaca que no mundo todo, em países onde já há abertura para eventos, o mercado de shows está sendo retomado com bastante otimismo e o público tem sido grande. “A demanda reprimida é gigante e um artista de ponta como o Gusttavo Lima em 2022 deve apresentar resultados ainda melhores do que os dos últimos anos”, revela a executiva.

Baseados no sucesso do case Gusttavo Lima, o fundo pretende investir ainda mais no setor. Segundo Bete, eles acreditam que, com o start dado pela Four Even, outros fundos surgirão e vão buscar fazer algo igual ou semelhante.

“Pelo que temos conhecimento, somos os pioneiros nesse formato aqui no Brasil. É o primeiro fundo de entretenimento realizado no nosso país, apesar dessa forma de negócios ser costumeira lá fora, como nos Estados Unidos, por exemplo. Mas, acredito que quem faz primeiro sai na frente e nós estruturamos bem a ideia e o fundo. Foram anos analisando o mercado, fazendo estudos. Não foi algo da noite para o dia”, revela.

Perguntado sobre como foi o estudo realizado para garantir que o fundo terá lucratividade com a aquisição, Léo Góes revelou: “Analisamos primeiro o potencial do artista e vimos o quanto ele ainda pode crescer e galgar no cenário do entretenimento e da música. Fizemos uma aposta baseada exatamente nessas perspectivas”.

Bete Dezembro revelou ainda que outros artistas poderão fazer parte do fundo em breve, ainda este ano. “Quanto a outros artistas e ações dentro do fundo, com certeza teremos. Viemos para criar uma modalidade nova de negócios no entretenimento”, finaliza.

Escrito por Rafa Ventura

Universal Music anuncia parceria com selo de rock Outuno Music

Universal Music anuncia parceria com selo de rock

"Blood": Jonas Brothers contarão sua história em livro

“Blood”: Jonas Brothers contarão sua história em livro