in

Grande gravadora, produtor de hits, versatilidade e dançarinos famosos: Lippe e os seus primeiros passos no competitivo “pop masculino”

O meio do ano chegou e as novidades do pop nacional também não param. Se na gringa, os rapazes são a bola da vez no pop – aqui no Brasil, não poderia ser diferente. O mais novo nome que tem chamado a nossa atenção e está de olho “na fatia do mercado” é o jovem Lippe. Natural de Ivoti, uma cidade de pouco mais de 20 mil habitantes no interior do Rio Grande do Sul, o estreante tem todas as atenções de uma grande gravadora como aposta pop masculina para o segundo semestre.

Na verdade, antes mesmo de assinar com a Universal Music, Lippe trabalhou de forma independente na web duas músicas autorais, que somam mais de meio milhão de acessos. “Meu Mundo”, seu primeiro single numa major, teve uma boa largada no YouTube – com apoio e destaque da plataforma premium VEVO: mais de 300 mil acessos na primeira semana.

Apadrinhando o garoto, Umberto Tavares conversou com o POPline sobre como foi trabalhar com Lippe. O produtor, conhecido por trabalhar nos últimos sucessos de Anitta, Nego do Borel, Manu Gavassi e Sofia Oliveira, é quem assina “Meu Mundo”, ao lado de Jefferson Junior e Mãozinha. “Ele é muito talentoso. O que mais me surpreende é que ele tem um horizonte muito amplo e aberto, porque dentro do universo pop ele circula bem em todas as divisões. Seja no samba/rock, hip/hop, reggae ou funk, ele canta muito bem. Eu fiquei impressionado com a versatilidade desse menino e de como ele leva a música a sério.”, elogiou Umberto.

Lippe chega num momento em que as últimas revelações do pop brasileiro tem vindo do funk. No top do Spotify, por exemplo, artistas como Nego do Borel, Mc Livinho e Mc Kevinho são os mais populares do segmento. O desafio, no entanto, de conseguir se destacar no meio a ponto de se tornar um ídolo pop é complicado, como observa Umberto Tavares. “É necessário um trabalho grande. Não é somente gravar uma música fora do funk, tem uma série de fatores. Não só na parte musical, mas também na postura, no visual, na atitude, na linguagem, no posicionamento, enfim o Lippe está apto para fazer isso. Ele estuda. Ele acompanha o que acontece no mercado nacional, no mercado internacional e procura dentre as coisas que gosta, encontrar seu próprio caminho.”, pontuou.

Para o clipe, Lippe contou com o apoio dos dançarinos Daniel Saboya e Tainá Grando, que são populares no YouTube com vídeos de coreografias. Isso se tornar uma excelente estratégia inicial para o novato: é importante ter aliados no universo da dança, uma peça primordial da sua construção artística.

Vamos acompanhar os próximos passos desse gaúcho…

Escrito por Redação POPLine

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shakira confirma passagem de nova turnê mundial pelo Brasil!

Mais um show esgotado: Britney Spears faz história na Tailândia com arena lotada