Foto: reprodução/ @gilbertonogueirof
in

Gilberto rebate ataque homofóbico de conselheiro do Sport

Gilberto despertou a solidariedade de seus seguidores ao fazer um desabafo nas redes sociais. O ex-BBB, recém contratado pela TV Globo, foi vítima de um ataque homofóbico de um dos membros do conselho do Sport. Além de um torcedor fiel do time, Gil recebeu algumas homenagens do clube assim que deixou o reality show.

Foto: reprodução/ @gilbertonogueiraofc Instagram

Nesta sexta-feira (14), um áudio em que um dos conselheiros do time, o advogado Flávio Koury critica a “dancinha” feita pelo ex-brother na Ilha do Retiro, sede oficial do clube, foi divulgado nas redes sociais. “Fiz a solicitação formal, porque este senhor [Gil] não pode representar o Sport. Ele não tem respeito por ninguém, ofende diretores, técnicos, jogadores, e, agora, parte da nossa torcida. Não há espaço para quem pensa dessa forma”, diz Koury no áudio.

Ele reclama da repercussão do vídeo em que Gil brinca com jogadores e reproduz o seu “tchaki tchaki” no estádio do time. “1,2 milhões de pessoas achando que o Sport só tem viado”, diz o advogado. “Se tivesse feito essa dancinha na casa dele ou no Bordel, eu não estava nem ai. Foi dentro da Ilha do Retiro, né, rapaz? Isso é ausência de vergonha na cara. É isso o que estamos vivendo. Não tem mais respeito por pai e filho. É depravação. É o retrato do que o PT [ Partido dos Trabalhadores] deixou pra gente”, finalizou.

O economista se manifestou pelo Twitter e disse que tomará as providências contra o ataque:

Relembre a passagem de Gilberto pela ‘Ilha do Retiro’:

Escrito por Douglas Françoza

Nicki Minaj fala da morte de seu pai: “perda mais devastadora”

Confinado em “No Limite”, Kaysar lança o funk “Não Quer Parar”