Fundador do Glastonbury garante o festival apenas em 2022 (Foto: Reprodução/Twitter)
in ,

Fundador do Glastonbury garante o festival apenas em 2022

Depois do cancelamento da edição de 50 anos do Glastonbury – que teria Paul McCartney, Taylor Swift e Kendrick Lamar entre as principais atrações -, o fundador Michael Eavis alertou que só poderia garantir a realização do festival apenas em 2022. Ainda assim, ele garante estar “movendo o céu e a terra” para tentar antecipar para o próximo ano.

Nova edição do Glastonbury só deve acontecer em 2022 (Foto: Reprodução/Twitter)

Eavis deu entrevista a um canal de TV britânico. “Quinhentas pessoas seria tudo bem, não é? Mas meu trabalho é juntar 250 mil delas. São muitas pessoas. Ainda espero poder fazer algo no próximo ano. Vou mover o céu e a terra para garantir que sim. Mas isso não significa necessariamente que vai acontecer. Isso é apenas uma ilusão, na verdade”.

Questionado se estaria preocupado com o futuro do festival, Eavis disse: “Não, eu não me preocupo. Estou tão confiante que vai dar tudo certo. A única certeza, penso eu, é o ano seguinte, 2022, para ser perfeitamente sincero. Mas ainda espero, e estamos lutando e trabalhando o tempo todo para que isso aconteça no próximo ano”.

Michael Eavis (ao lado de sua filha, Emily Eavis) não acredita na possibilidade de realizar um evento para 250 mil pessoas no próximo ano (Foto: Reprodução/Twitter)

Vários grandes festivais do Reino Unido já confirmaram suas edições para 2021, como Isle of Wight, Download e Latitude, para citar alguns.

A primeira edição do Glastonbury aconteceu em 1970 e, desde então, se tornou um dos eventos musicais mais famosos do planeta, recebendo cerca de 250 mil pessoas todos os anos em Worthy Farm.

Escrito por Daiv Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Miley Cyrus toca nova música durante live no Instagram

BTS anuncia toda a agenda de divulgação de seu novo single, a música “Dynamite”