in

Forbes pegou rixa? Revista faz mais críticas à rapper Nicki Minaj

O site da revista Forbes publicou neste mês uma matéria intitulada “Nicki Minaj, Kanye West, Tekashi 6ix9ine: qual rapper teve o pior lançamento de álbum em 2018?”. Não é a primeira vez que pegam no pé de Nicki Minaj. A relação da artista com essa publicação é tumultuada há anos. Na matéria, a Forbes acusa Nicki Minaj de comprar briga com todo mundo para promover o “Queen” e ainda assim não conseguir pegar o nº1 da Billboard 200, perdendo para “Astroworld” do Travis Scott (que estava em sua segunda semana de vendas). A publicação menciona, no entanto, que Travis entregou seu álbum em vendas casadas com produtos de maquiagem e roupas da Kylie Jenner – o que Nicki considerou muito injusto.

“A rapper depois adicionou ‘FEFE’ no fim do álbum para aumentar o número de streams, mas era um pouco tarde demais para isso. Minaj massacrou o lançamento de ‘Queen’ e agiu como um atleta ruim quando não conseguiu o nº1 – não exatamente um comportamento de realeza”, criticou a revista.

É a segunda vez no ano que a Forbes faz uma matéria negativa sobre Nicki Minaj. Em julho, a publicação chamou a cantora de “desesperada e hipócrita” por lançar “FEFE” com 6ix9ine, um rapper réu confesso em um caso de pedofilia. A revista lembrou que, em 2012, ela havia twittado que “pessoas que abusam de crianças deveriam ser apedrejadas até a morte em público”. “Ela está claramente sentindo a pressão de entrar em um cenário de rap que parece drasticamente diferente de quando ela lançou seu último álbum, em 2014. Por um lado, Minaj não é mais a rapper feminina símbolo da indústria: ela agora tem que lidar com a mais jovem, mais vibrante e conhecedora do pop Cardi B, que já alcançou dois nº1 na Billboard Hot 100 com seu álbum de estreia, ‘Invasion of Privacy’”, escreveram.

Mas a treta da Nicki Minaj com a Forbes é ainda mais antiga. Em 2014, a revista fez uma matéria apostando na dominação do mercado hip-hop pela australiana Iggy Azalea. Quando foi questionada sobre a reportagem, Nicki Minaj riu: “a Forbes tem que se preocupar com minhas finanças e quando eu vou vender ‘Myx Fusions’ por US$ 250 milhões. É sobre isso que eles tem que se preocupar. Nós contamos com conhecedores de hip hop para esse tipo de informação. Então nós apreciamos isso… mas, não, obrigada”.

Escrito por Leonardo Torres

Avicii deixa fortuna de US$ 25 milhões para seus pais, diz site

Kylie Minogue é anunciada como atração especial do festival Glastonbury 2019