in ,

Filipe Ret inova e lança clipe falado em língua ao contrário, inspirado em dialeto para driblar a ditadura militar; assista!

Reverenciando o bairro e a cultura onde se criou, o rapper carioca Filipe Ret lança clipe de “Gonê”, faixa inteiramente composta na língua das ruas do Catete, a gualin do TTK. A linguagem inverte a ordem das sílabas e Ret faz suas rimas completamente ao contrário, num exercício criativo. A língua foi criada nos anos 60, como um dos mecanismos de driblar as repressões da ditadura militar. “Gonê” foi uma música que, depois de ver muitos rappers do Catete crescendo, pensei que como um dos expoentes dessa cena, eu tinha que fazer uma letra provando isso na prática. E o Gualin do TTK é uma língua que falamos até entre a gente na Tudubom Records”, conta Ret.

Escrito por Helena Marques

Ludmilla promete parceria com Anitta para janeiro: “hit do verão”

Indícios de que “Imagine” da Ariana Grande é sobre Mac Miller