Fotos: Divulgação
in

Exclusivo: YouTube Music anuncia Marina Sena e Tuyo no Foundry

Confira entrevista exclusiva com Naomi Zeichner, líder de parceria com artistas do YouTube global, sobre o programa

O Brasil entrou mais uma vez para a seleta lista de artistas que serão desenvolvidos pelo programa Foundry do YouTube Music. O Foundry é focado em servir à música independente para promover e disseminar o potencial criativo de artistas da cena pelo mundo. O POPline.Biz é Mundo da Música traz com exclusividade os dois artistas selecionados e uma entrevista com Naomi Zeichner, líder de parceria com artistas do YouTube global.

Recebendo o maior número de inscrições de todos os tempos, a 2021 Foundry Class é a maior até hoje, com 27 artistas representando 14 países e um amplo espectro de herança musical. Representando o país, Marina Sena e a banda Tuyo farão parte do programa e receberão suporte dedicado de parceiros do YouTube e financiamento inicial para investir no desenvolvimento de seus conteúdos.

Segundo o YouTube, essa combinação de acesso a recursos e grandes equipes permite aos artistas criar e lançar suas músicas com maior impacto e alcance global. Além dos brasileiros, estão na lista de selecionados Ambar Lucid, Bad Milk, Bella Shmurda, Blessd, Chilldspot, Doul, Ebhoni, Enny, Fana Hues, Junior Mesa, Meekz, Paranoid 1966, Paris Texas, Raveena, Reggie, Rote Mütze Raphi, SE SO NEON, Seedhe Maut, Shygirl, Sinéad Harnett, Snail Mail, SoFaygo, Sycco, Tenille Arts e Tokischa.

Foto: Divulgação

Para Jean Machado e as irmãs Lilian e Layane Soares, da Tuyo, receber a notícia que uma das plataformas mais importantes para estratégia de divulgação musical vai investir na carreira deles foi muito importante, principalmente na atual conjuntura de tanta instabilidade no mundo.

“Receber apoio e chancela pra fazer música é a maior fagulha de esperança e perspectiva que um artista pode ter nesse contexto! Não apenas pelo custeamento da iniciativa mas pela crença de que o que temos pra dizer, enquanto artistas, segue relevante e merece ser difundido pela implementação de estratégias dentro da plataforma, concedidas pela própria plataforma. É uma iniciativa bastante completa e o único jeito de receber uma notícia dessas é celebrando demais”, comemoram.

Já para a mineira Marina Sena, ser selecionada causou a sensação de que o seu som está rendendo frutos. “Se uma plataforma como o YouTube me escolhe para um programa como esses é porque a menina que saiu de Taiobeiras pode mesmo conquistar um espaço importante na música do mundo”, revela.

Sobre o programa

Desde o seu início em 2015 como uma série de workshops, Foundry apoiou mais de 150 artistas em desenvolvimento em 15 países, incluindo ex-alunos como Dua Lipa, Arlo Parks, Dave, Lime Cordiale, Gunna, HARDY, Natanael Cano, Novelbright, Omar Apollo, Rosalía e Tems. Além dos brasileiros MC Tha e do cantor gospel João Figueiredo. O programa funcionou como um trampolim para que esses artistas alcançassem o sucesso que têm hoje.

“O YouTube é apaixonado por artistas independentes e a Foundry oferece a eles os recursos de que precisam para fazer música e ter sucesso em seus próprios termos. Os artistas de hoje estão navegando em uma nova indústria cada vez mais digital”, revela Naomi Zeichner, líder de parceria com artistas do YouTube global.

“Quando artistas independentes se tornam parte da Foundry, nossa equipe trabalha junto com a deles, fornecendo-lhes acesso a ferramentas e recursos que, de outra forma, não teriam. Com esse suporte, os artistas estão armados com novas maneiras de criar conteúdo, conectar-se com fãs e gerar receita, com um crescimento e impacto de longo prazo em mente”, completa.

Foundry é projetado para artistas que têm uma visão para seu próprio sucesso, construindo sua carreira em uma indústria onde os artistas têm mais opções do que nunca. Assim, este grupo de artistas que serão impulsionados terão a liberdade de crescer em seus próprios termos.

“Os artistas são selecionados para a Foundry com base em um amplo conjunto de critérios definidos por nossas equipes globais. Os dados desempenham um papel, mas consideramos a criatividade pura, o potencial, a ambição e a motivação como fatores-chave para consideração”, explica Naomi.

Segundo ela, um dos objetivos principais do programa é ajudar os artistas a alcançarem o sucesso a longo prazo. “Com isso em mente, queremos trabalhar com artistas que irão verdadeiramente beneficiar do programa e da parceria ao longo do tempo. Olhamos para artistas que estão ativamente lançando música, que conhecem o YouTube e suas ferramentas e que articularam seus objetivos para sua música”.

Na prática, como funciona a iniciativa?

Naomi explica que, quando um artista se junta à Foundry, ele recebe marketing global e financiamento inicial para investir em seu conteúdo. Mas, segundo ela, o mais significativo é que ele é apoiado por uma equipe do YouTube que está comprometida com o sucesso de longo prazo de seus canais e carreiras.

“Nossas equipes globais trabalham junto com a equipe do artista para fornecer suporte para lançamentos, desbloqueando promoção na plataforma e muito mais. Quando um artista se torna parte da Foundry, ele se torna parte de nossa família. Apoiamos os artistas em todas as fases de suas carreiras e isso é apenas o começo”, revela.

Resultados tangíveis

Além dos artistas da Foundry, o YouTube investe em outras iniciativas para apoiar artistas e criadores, como o Black Voices Fund. Questionada sobre os resultados tangíveis dessas iniciativas, Naomi revela que no ano passado, com a campanha #YouTubeBlack Voices Fund, nos primeiros três meses a partir do lançamento, a classe obteve, coletivamente, 1,4 bilhão de visualizações em seus canais oficiais.

Além disso, seis dos artistas tiveram um aumento de mais de 50% no número de inscritos no canal oficial e quatro tiveram um crescimento de 200% em suas visualizações no canal. “Essas são apenas algumas das incríveis conquistas desta aula inaugural”, comenta. Dentre as vozes poderosas da classe #YouTubeBlackVoices estão os artistas brasileiros MC Carol, Rael e Péricles.

Confira o vídeo de apresentação do Foundry 2021:

Escrito por Rafa Ventura

RHCP: Filha de Chad Smith faz cover emocionante de “Universally Speaking”

Foo Fighters / Dee Gees lançam “Shadow Dancing” com Taylor Hawkins nos vocais