Foto: Instagram @camilladelucas
in ,

Ex-BBB Camilla de Lucas comenta obra milionária em sua mansão

Valor do imóvel já ultrapassa o prêmio de R$ 1,5 milhão do BBB

Quem disse que precisa ganhar o BBB para ser milionário, errou! Camilla de Lucas, vice-campeã do programa em 2021, não levou o R$ 1,5 milhão, mas já conquistou o valor e, inclusive, está realizando uma obra em sua mansão que já ultrapassa a quantia do reality. O imóvel está localizado em um condomínio da Zona Oeste do Rio de Janeiro.

LEIA MAIS:

À Quem, Camilla revelou que se trata de um investimento. Contudo, apesar de os gastos milionário (valor do imóvel mais reforma), está tentando economizar ao máximo. “Tento ter uma organização financeira, porque vim de baixo e me preocupo muito com meu futuro e de não ter mais condições um dia. Eu pesquiso muito antes de fechar negócio, olho preço, qualidade do material e também a estética dentro da linha do projeto que eu quis fazer”, declarou.

“Não estou preocupada com luxo. Quero uma casa gostosa e confortável, que quando as pessoas cheguem se sintam à vontade no meu sofá”, destacou a ex-BBB.

Diferente de muitos famosos e ex-BBBs, a influencer defende a casa própria, alegando que o aluguel não dá “estabilidade”.

“Sou uma pessoa muito responsável com dinheiro, porque já passei aperto e sei o perrengue que é pagar aluguel e as contas no fim do mês. Sem contar que a gente que trabalha com internet não sabe o dia de amanhã. Se um dia, caso eu não tenha mais condições, pelo menos, terei a minha casa própria. Se tiver que vender, já terei uma renda”, defendeu.

Nas redes sociais, ela tem compartilhado detalhes da obra, que deve ficar pronta em agosto. Confira:

Curtiu esta matéria? Leia mais conteúdos do Oh My God! by POPline. Tem listas, curiosidades, virais, celebs, k-pop, reality shows e muito mais sobre cultura pop!

Escrito por Ingrid Rodrigues

Participantes do "No Limite" contam expectativas para a final

É hoje! Participantes do “No Limite” contam expectativas para a final

“Fall Guys” impressiona ao atingir marca de 50 milhões de jogadores