Foto: reprodução/ @juliettefreire Instagram
in ,

Equipe de Juliette fala de ataques racistas contra filha de Pocah

A equipe de Juliette, do BBB21, utilizou as redes sociais para emitir uma nota de posicionamento em relação aos ataques racistas direcionados a filha de Pocah, Vitória, de apenas cinco anos. As duas participantes discutiram nos últimos dias originando também uma rivalidade nas redes sociais.

Na segunda-feira (19), a equipe da funkeira mostrou algumas capturas de tela com comentários racistas sobre a filha da cantora. Os ‘prints’ não revelavam os nomes e usuários, mas mostravam símbolos de cactos, usados por apoiadores de Juliette nas redes sociais.

LEIA MAIS: Filha de Pocah é alvo de ataques racistas nas redes sociais

Nas redes sociais da maquiadora, um imagem foi publicada com a seguinte frase: “Quero jogar com o jogo, com as provas, com sorte e o com o azar. Menos com a vida das pessoas”. Na legenda da publicação, uma longa legenda descrevia o posicionamento do grupo, elogiado durante o reality por seu trabalho nas redes sociais da confinada.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Juliette Freire (@juliette.freire)

“Quem nos acompanha desde o princípio sabe que sempre fizemos questão de falar abertamente sobre tudo: amor, raiva, erros, acertos, desafios. Essa conexão foi uma das nossas decisões lá atrás, quando sentamos e pensamos na jornada que queríamos viver aqui fora, enquanto ela vivia lá dentro o BBB”, dizia um trecho inicial da nota.

Em seguida, a equipe responsável descreveu o episódio envolvendo a filha da funkeira, que não deve ser envolvida no jogo ou em questões que se desdobrem dentro do reality. “Ontem, um episódio lamentável tomou as redes sociais. Ofensas direcionadas à Vitória, filha de @pocah, e frases que passam de uma simples desavença. Vimos depoimentos de ódio e racismo envolvendo uma criança que NADA TEM A VER com o BBB, nem com qualquer desentendimento entre as sisters”.

2º round! Pocah e Juliette tem nova briga no BBB
(Fotos: Reprodução / Globoplay)

O posicionamento veio logo após o detalhamento do caso: “Não aceitamos isso, pedimos desculpas à família de Pocah. Pedimos que nossa torcida leia cada linha dessa com olhos atentos. Racismo é CRIME e é inaceitável que em 2021 isso ainda seja uma terrível realidade”, disse a legenda da publicação.

O time de Juliette também comentou os possíveis golpes efetuados pelas torcidas rivais nas redes sociais. De acordo com a publicação, diversas capturas de tela mostram internautas combinando estratégias para se passar pela torcida da advogada a fim de prejudicá-la moralmente. O posicionamento reiterou que os discursos de ódio estão no escopo de todas as torcidas do programa:

“Nosso setor jurídico está analisando tanto as ofensas direcionadas à Vitória quanto os prints e IPs dessas contas. Nunca foi a nossa intenção tirar a liberdade de expressão que torna a internet diversa, nem nosso papel apontar defeitos apenas na torcida alheia. Em TODAS AS TORCIDAS tem pessoas que, infelizmente, agem de má fé, com ódio e preconceito, fazendo liberdade de expressão virar discurso de ódio”.

Ao final do texto, os ‘adms’ reforçaram o compromisso da equipe com uma ” internet feita de palavras responsáveis, conteúdo real, pessoas de verdade que não se escondem por trás de fakes ou artifícios ilegais”. E concluíram: “os ataques, que também sofremos, não poderão ser maiores que nossa vontade de fazer uma história transparente e respeitosa com todos, pautada no jogo, provas, sorte e azar, mas jamais invadindo o limite da vida real”.

Escrito por Douglas Françoza

Gustavo Mioto e Thaynara OG terminam namoro: "Cada um segue seu caminho". Foto: Divulgação

Gkay revela que Gustavo Mioto e Thaynara OG reataram namoro

Homenagem da Taylor Swift

Taylor Swift lidera nos streamings nesta semana nos EUA