Pocah e a filha Vitória. Foto: Instagram
in ,

BBB 21: Filha de Pocah é alvo de ataques racistas nas redes sociais

Perfil da cantora expôs situação e repudiou o conteúdo das mensagens

O desentendimento entre Pocah e Juliette no “Big Brother Brasil 21”, da Globo, reverberou de forma criminosa fora da casa mias vigiada do país. Tanto que o perfil da cantora foi atacado com diversas mensagens de cunho racista, expostos em seu Instagram, nesta segunda-feira (19/04).

No conteúdo, frases destinadas à Vitória, filha da cantora de 5 anos. As ofensas teriam sido feitas por fãs de Juliette, após o desentendimento entre as duas no último domingo (18), após a formação de Paredão. Além dos xingamentos, o cabelo da menina também foi alvo das postagens.

Postagem no perfil de Pocah. Foto: Instagram

Conseguiu ler tudo? Se você conseguiu ler a tudo isso sem chegar ao final com o estômago embrulhado e até certa vergonha de ser humano, pare aqui! Esse texto não é para você. É louco pensar que essas mensagens, direcionadas a uma criança de 5 anos, são motivadas exclusivamente porque a mãe dela resolveu… votar em um jogo de votação, né?”, escreveram os administradores da conta do Instagram da funkeira, reproduzindo algumas das postagens racistas.

“O que está acontecendo no mundo? O que está acontecendo com as pessoas? Racismo! Crime! Um crime sendo cometido sob os nossos olhos por contrariar os gostos de um público de reality show”, pontuou.

BBB 21
Foto: Globo

No texto, o representante pela artista diz que irá tomar as medidas legais contra o crime cometido contra a criança. “Desumano! Imoral! Independente de torcida X ou Y, de emoji, ou o que quer que seja. O que está em jogo aqui é o conteúdo cerimonial das mensagens. E as medidas legais serão tomadas! É revoltante. Precisamos repensar o que é ser gente! Porque lendo a isso, eu mesmo me questiono: somos todos gente? Somos realmente da mesma espécie? Eu custo a acreditar“, concluiu a publicação.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por POCAH (@pocah)

Independente da rixa entre as confinadas no “BBB 21”, o perfil de Juliette também se manifestou contra as mensagens enviadas por esses internautas. “Continuaremos sem aceitar ver, e repudiando veementemente, qualquer ataque que incite ódio ou seja CRIME. Isso é um jogo, existem limites. Atacar a filha de Pocah é um absurdo“, iniciou.
O perfil ainda afirmou que, no entanto, os comentários não foram feitos pela torcida da paraibana, mas de pessoas que estão tentando manchar a imagem da sister. “Nós já temos todos os prints de torcida alheia se passando por cacto pra cometer essas atrocidades racistas. Um show de horrores que passa em muito todos os limites. Cactos que fazem isso também têm o nosso repúdio”.
Papo rapidinho aqui: reta final, 15 dias pro fim do BBB. Veremos de tudo. Mas continuaremos sem aceitar ver, e repudiando veementemente, qualquer ataque que incite ódio ou seja CRIME. Isso é um jogo, existem limites. Atacar a filha de Pocah é um absurdo.

Escrito por Leonardo Rocha

Vídeo simula discussão de Karol Conká e Flay

Luedji Luna se apresentará no NPR ‘Tiny Desk’