in ,

Entrevista: Priscila Tossan, do “The Voice”, atribui sucesso no reality “à presença do Espírito Santo”

Priscila Tossan, do “The Voice”, diz em entrevista ao POPline, que não se sinta pressionada para ganhar o reality show. Créditos: GShow

Favorita nas redes sociais a levar o prêmio do “The Voice Brasil 2018”, Priscilla Tossan, em entrevista exclusiva ao POPline, fala sobre o que mudou na sua vida desde que entrou para o programa e entrega que mesmo diante do sucesso, não se sente pressionada para ganhar o prêmio. “Fico muito feliz ao ver que a maioria das pessoas acham o meu modo de cantar atrativo e bom, mas não me sinto pressionada para sempre me destacar. Tento me manter sempre tranquila. Eu acho que é a presença do Espírito Santo. Antes de subir ao palco eu falo com Deus para deixar os anjos dele ao redor me acalmando”.

“Voltei a tocar no metrô e o calor da galera é outro”

A carioca de 28 anos, que antes do “The Voice” se apresentava nas estações de metrô da cidade do Rio de Janeiro, contou que a sua rotina após o programa mudou bastante, mas que voltou a cantar no transporte coletivo para testar a recepção do público. “Muita coisa mudou desde que comecei a cantar na TV. Toda hora pedem fotos. Estou fazendo shows pelo país, entrevistas, tenho cerca de 600 mil seguidores. Agora não tenho mais tempo de cantar no metrô, mas, há duas semanas, eu fui matar as saudades. Fiquei lá por duas horinhas. Foi muito bom, o calor da galera é outro. As pessoas vieram, tiraram fotos, me deram beijos, disseram que estavam torcendo. Rolou muita contribuição também, mas isso é o de menos. Quando as pessoas não te conhecem, elas te tratam diferente. Tinha muita gente ali que gostava do meu som, mas agora parece que triplica por já terem me visto e saberem quem eu sou”.

Priscila Tossan conta como foi a recepção do público ao tocar no metrô após participar do programa “The Voice”. Divulgação: Instagram @priscila.tossan

“Para mim já basta meus pais estarem vivos e vendo que estou conseguindo”

Simples e sem cerimônias, Priscila Tossan diz que o grande prêmio vem da resposta que recebe do público e também da reação dos seus pais perante o talento reconhecido da filha. “Tem muita gente que vem falar comigo chorando, dizendo que a minha música mudou o dia, que criou coragem, coisas assim. Falam para eu continuar nessa linha, que eu emociono, fujo do comum. Meus pais também estão bem orgulhosos de mim. Meu pai anda com os olhos cheios d’água; minha mãe radiante. Meu pai fala uma frase para mim desde que eu me entendo por gente: “quando você crescer eu quero te ver uma menina vitoriosa, uma vencedora”. Há três semanas fui na casa dos meus pais e meu pai me abraçou, me olhou com os olhos cheios d’água e disse: “não falei que você seria uma vencedora?”. Só isso já basta – meus pais estarem vivos, sabendo que eu estou conseguindo”.

Em entrevista ao POPline, Priscila Tossan fala sobre o reconhecimento do público após o reality show. Divulgação: TV Globo

“Quero ter o meu próprio estúdio”, revela Priscila Tossan sobre planos caso ganhe o “The Voice”

Longe de desejos megalomaníacos ou sonhos de intervenções cirúrgicas, o grande objetivo de Priscila, se for consagrada como a campeã da edição, é simplesmente fazer música. “Se eu ganhar o prêmio, a coisa muda. Vou conseguir ter meu carrinho, levar meus instrumentos aonde eu for, sem aquela coisa puxada de pegar trem, metrô, mototáxi. E vou fazer meu próprio estúdio porque eu acho que eu tenho esse feeling para produção.Eu conheço uma galera muito boa da música, inclusive o Salomão Elias, um amigo meu que tocava comigo no metrô. Eu tenho vontade de servir mesmo essa galera do bem. Não basta ser um bom músico, tem que ser profundo”.

Escrito por Helena Marques

Mr. Catra será homenageado na 1ª Parada LGBTI de São Conrado, no Rio de Janeiro

DJ Snake anuncia data de lançamento de “Taki Taki” com Selena Gomez, Cardi B e Ozuna