in ,

ENTREVISTA: Letícia Hally fala sobre novo clipe e transformações na carreira: “Doloroso, mas me descobri”

A cantora revelou ainda que uma de suas grandes inspirações é a Ludmilla

Foto: Carlos Pavarini (Divulgação/Assessoria)

Foi no maior clima de festa que Letícia Hally lançou na última quarta-feira (22), o videoclipe do seu single de estreia “Gostei”, que traz as participações especiais de Vitão e ZAAC. A cantora e compositora que viralizou na internet como cover da Ariana Grande, deu início a carreira autoral e deu detalhes de seus próximos passos, em uma entrevista exclusiva ao POPline.

Leia mais: 

ENTREVISTA: Letícia Hally fala sobre novo clipe e transformações na carreira: "Doloroso, mas me descobri"
Foto: Carlos Pavarini (Divulgação/Assessoria)

O novo clipe da faixa “Gostei” de Letícia traz muita animação, festa e um challenge que tem tudo para viralizar na internet. Além disso, ele mostra aquelas famosas garotas ‘fanfiqueiras’ que vivem publicando histórias sobre seus ídolos ou que as pessoas pedem para ela criar. Marcando sua estreia na carreira autoral, ela contou com uma colaboração especial.

“Foi uma surpresa pra mim, foi muito inesperado! Eu acho que a Letícia do passado, nunca imaginaria que a primeira música dela, o primeiro clipe, o primeiro trabalho seria com dois caras tão importantes da música, do pop, é surreal e eu ainda tento acreditar. As vezes, eu to triste aí eu falo ‘Não! Eu tenho uma música com o Vitão e o Zaac, não posso ficar triste”, comentou a cantora

Letícia viralizou na internet como cover da cantora  Ariana Grande e seus vídeos das versões somam milhões de acessos. Ela contou ao POPline, que acabou trazendo algumas inspirações de Ariana para o seu novo clipe.

“Eu acho que por eu ter sido cover por muito tempo, tem algumas coisas que as pessoas enxergam, que nem eu enxergo, que tem referência dela. Às vezes eu posso trazer referência e nem estou percebendo que estou trazendo. Tanto que na coreografia, por exemplo, que eu vi alguns comentários falando “Caraca, acho que essa coreografia tem a ver com “Focus” (música da Ariana Grande), aí eu fui olhar e falei assim “Caraca, tem um passo de “Focus” mesmo!” e outro já disse “Tal parte da coreografia tem a ver com “Greedy”, aí eu “Mano é verdade! Essa parte tem a ver “Greedy” que tem os pulinhos”, comentou a artista.

ENTREVISTA: Letícia Hally fala sobre novo clipe e transformações na carreira: "Doloroso, mas me descobri"
Foto: Carlos Pavarini (Divulgação/Assessoria)

A estrela explicou que a coreografia presente no clipe de “Gostei” foi produzida por Flávio Verne, grande coreógrafo do cenário musical, que produz pra grandes cantoras como Luíza Sonza, Pabllo Vittar e Duda Beat, por exemplo. Além disso, ela contou que queria passos que fossem animados e voltados para o publico adolescente.

“Pra essa coreografia, eu até dei referências da Camila Cabello, inclusive! Eu queria uma coisa teen. É engraçado como eu sempre trago um pouco da Ariana sem querer também né?! Então, muita coisa está conectada, mas ao mesmo tempo não foi de propósito. Eu fico muito feliz das pessoas terem percebido isso, porque eu acho muito importante para mim. Eu acho que ter carreira pop, tem que trazer muita referência, tem que trazer easter egg, sabe? Ela tem que trazer também umas coisinhas que ligam na outra,e eu acho isso muito pop, acho isso muito importante e acho que eu sempre quero fazer”, disse Letícia.

A cantora comentou que começou a carreira de cover, sem pensar muito no que viria pela frente, pois sempre escutava das pessoas que seu talento com voz e jeito, pareciam com os de Ariana Grande. Ela disse ainda, que chegou a fazer shows fora do Brasil, em programas de televisão e que foi reconhecida pela própria Ariana. Durante a pandemia, onde os eventos precisaram ser cancelados, foi quando ela começou a se redescobrir como artista.

“Falando do processo, eu acho que foi muito doloroso! Eu não sabia que ia doer. Eu não sabia que ia ser tão difícil. Eu não sabia que eu ia sentir falta. Eu fui passando por vários processos de viradinha de chave. A primeira virada foi eu compondo, e disse ‘Putz, eu não tenho mais que interpretar a música, ela não chega pronta, eu tenho que fazer’ aí uma viradinha, depois fui fazer foto e aí eu não tinha mais que fazer a carinha dela, aí foi outra virada, pensei ‘Tá, mas qual cara eu faço?’. Então, acho que foi 1 milhão de viradas de chave e, por mais que tenha sido doloroso, uma parte, a outra parte foi uma descoberta muito gostosa, tipo ‘Nossa, tem mais para eu fazer, tem mais coisas que eu posso ser, tem mais lugares que eu posso ir’. O primeiro show que eu fiz sem ser cover eu falei ‘Tá, mas eu posso fazer qualquer movimento? Eu posso fazer qualquer trejeito que eu queira? Posso fazer qualquer voz? sabe?’.Foi gostoso! Foi doloroso no começo, mas agora foi gostoso e me descobri. Escrevi uma música sobre isso também”, contou.

ENTREVISTA: Letícia Hally fala sobre novo clipe e transformações na carreira: "Doloroso, mas me descobri"
Foto: Carlos Pavarini (Divulgação/Assessoria)

A faixa “Gostei” já supera 100 mil streams só no Spotify e tem a composição assinada por Arthur Marques, King, RUBY, TH4I, Vitão e ZAAC. Além disso, ela faz parte da trilha sonora do filme “Me Tira da Mira”, que virou álbum e teve a produção executiva da atriz e cantora Cleo. Letícia contou como foi ter o seu primeiro single, no projeto cinematográfico.

“Então, foi graças ao Diego Timbó, que é o meu empresário e também é empresário da Cleo. Eles tinham a ideia de fazer algo que nunca foi feito no Brasil! Lá fora é muito comum ter trilhas sonoras de filme e aqui, nós não temos muito essa cultura. Então, sempre inovando, Cleo pensou ‘Ai vamos trazer artistas’ e ela não pensou em trazer um artista para cada faixa, ela pensou em fazer várias colaborações, sabe?. Foi uma ideia deles e a Cleo como minha madrinha me colocou no projeto. E é isso! Depois, Vitão aceitou, Zaac aceitou e de repente eu tinha um feat triplo, tínhamos a música aí, e foi tudo acontecendo muito surreal e acho que eu não poderia começar da melhor forma, não”, explicou Letícia Halley.

A cantora contou que já está preparando o seu próximo lançamento, e que pretende contar sua história de descobertas, suas origens e trajetórias. Além disso, ela revelou sua inspiração em Ludmilla, no sentido de ela ter começado sua carreira como MC Beyoncé e que precisou se desrotular, para começar uma carreira autoral.

“Eu estou me descobrindo e me surpreendendo! E eu estou muito feliz com isso. Eu tenho uma música, que fala sobre a minha fase Ariana e nesse clipe mesmo, já tem um easter egg e assim, não sei se é a próxima, não sei quando que ela vai vir, mas eu quero que ela exista. Eu quero compartilhar, porque foi desse momento muito doloroso. Uma das minhas grandes inspirações é a Ludmilla, porque ela me faz ver que é possível sair do cover ou de um status de cover, não ter nem seu nome próprio divulgado e agora contemplando, vendo que venceu e agora é essa grande artista que a gente admira no pop”, concluiu Letícia.

 

Escrito por Lucas Moraes

Amazon Prime Video lança a série “Em Casa com os Gil”, reality show da família Gil

Os próximos filmes de Noah Centineo

Os próximos filmes de Noah Centineo