in ,

Entregando o jogo! Eli revela para Lucas falha de votos no lollipop

“Esse papo vai morrer entre a gente, né?”, pediu o designer

Foto: Globo

Após a eliminação de Larissa no BBB22, Eliezer acabou falando demais e revelando a estratégia de combinação de voto do quarto lollipop para Lucas, que faz parte do grupo rival da casa, o quarto grunge. Os brothers falaram sobre o assunto na madrugada desta quarta-feira (2).

Foto: Globo

LEIA MAIS:

O papo começou na academia, quando os integrantes do time pipoca refletiam sobre o discurso de Tadeu Schmidt sobre a saída da ex-sister da Casa de Vidro. Larissa foi eliminada na noite desta terça-feira (1), com 88,59% dos votos.

Pelo amor de Deus, esse papo aqui vai morrer entre a gente, né?“, iniciou o publicitário, que foi assentido pelo estudante de medicina. Sem mencionar o nome de Douglas, Eliezer afirmou para Lucas que os moradores do quarto lollipop haviam combinado de votar em apenas um nome.

Porém, o trato não foi cumprido por ele e Vyni, que votaram juntos por conta da dinâmica da semana. Em seguida, o publicitário revelou que o plano foi seguido até mesmo por Larissa, que havia prometido para DG que não votaria nele:

“A Larissa jurou para ele [Douglas] que não votaria nele, mas votou. Eu tinha que votar numa pessoa [Douglas] que eu não queria votar, eu não votei. Esse voto que o Tadeu falou é o meu, e porque ele deu a importância pro meu voto, é que, se não fosse por ele, ela [Larissa] não sairia”

Em seguida, Eliezer tentou justificar sua decisão. “Isso iria contra o que eu acho, porque na semana anterior ele [Douglas] bateu o pé pra eu não ir e não votou em mim e eu não queria ser responsável por fazer ele ir, não era nem medo de me indispor com ele“, explicou.

Curtiu esta matéria? Clique aqui para ler mais conteúdos do Oh My God! by POPline. Tem listas, curiosidades, virais, celebs, k-pop, reality shows e muito mais sobre cultura pop!

Escrito por Bárbara Correa

Sonic encarna o Batman em novo trailer de “Sonic 2”

2ª temporada de "Euphoria" chega ao fim no domingo

Final de “Euphoria” mudou na véspera: era para outra pessoa morrer