Foto: Getty Images/Arquivo
in ,

Eddie Vedder compartilha seu amor pelos Beatles e conta seu álbum favorito

Vocalista do Pearl Jam costuma incluir diversas músicas do Fab Four nos shows solo e com a banda

Os fãs de Pearl Jam sabem do amor de seu vocalista pelos Beatles. Não foram poucas as vezes que Eddie Vedder apresentou músicas da banda britânica nos shows. Embora seja um dos progenitores do som de Seattle, Vedder afirma que o Fab Four foi parte de sua formação musical. E, por conta disto, ele tem o seu álbum favorito.

Foto: Farout Magazine

LEIA MAIS:

Normalmente as versões que Eddie Vedder apresenta nos shows são de músicas da “primeira fase” dos Beatles. E parece que as escolhas tem a ver com o fato dos arranjos serem mais simples e combinarem melhor com os momentos acústicos em que se apresenta sozinho. Mas o seu disco favorito é, na verdade, o famoso “White Album“, de 1968. Ao falar sobre ele à Spin Magazine, Vedder se aventurou a dizer: “Este é quase um livro didático para alguém que nasceu em 1964”.

Ele acrescenta: “Eu tinha uma fita que se chamava ‘Revolver White Album‘. Só descobri que eram dois álbuns separados anos depois. ‘White Album‘ tem canções que agradam a crianças, como ‘Ob-La-Di, Ob-La-Da’. Mas também tem experimentações como ‘Revolution 9’ que abrem sua mente. Não é uma audição simples”.

Esta é uma percepção compartilhada por diversos músicos, incluindo Ozzy Osbourne, que poeticamente descreveu a sensação ao ouvir o Fab Four pela primeira vez: “Quando ouvi os Beatles, eu sabia o que queria fazer. Meu filho me diz: ‘Pai, eu gosto dos Beatles, mas por que você fica tão louco?’ A única maneira que posso descrever é a seguinte: ‘Imagine que você vai para a cama hoje e o mundo é preto e branco. E então você acorda e tudo está em cores’. Esse é o efeito profundo que os Beatles tiveram sobre mim”.

Outro herói da cena de Seattle, Kurt Cobain, era igualmente um grande fã dos Beatles. “Meus pais nunca foram amantes da música. Mas desde muito cedo, eu queria ser uma estrela do rock. Quando consegui meu primeiro disco dos Beatles, quis tocar bateria. Queria ter a adoração de John Lennon, mas ter o anonimato de Ringo Starr”, disse certa vez em uma entrevista.

Vedder afirma que muitas das bandas da cena grunge foram criadas com o som dos Beatles. E isso as encorajou a levar seu som adiante. Kurt disse uma vez: “Quero que [o Nirvana] progrida. Eu realmente quero mudar nosso estilo de música. Eu quero fazer algo diferente, realmente diferente. E eu quero ter coragem suficiente para fazer isso, mesmo que isso afaste as pessoas. Não quero nos comparar com os Beatles, mas eles passaram de ‘I Want to Hold Your Hand’ a ‘Sgt. Peppers’, sabe? Foi uma progressão enorme, e eu só quero experimentar”.

Escrito por Daiv Santos

Após fim do Skank, Henrique Portugal assume vocais em novo projeto pop

K-Pop: Agência do ATEEZ anuncia medidas judiciais contra sasaengs