in ,

Ed Sheeran explica porque usa símbolos matemáticos para nomear álbuns

O mais recente disco do cantor é o intitulado “=”

Foto: SNL

Se tem algo que intriga os fãs de Ed Sheeran  são os motivos que levaram o cantor britânico a nomear alguns de seus álbuns com símbolos matemáticos. Afinal, desde que surgiu na cena, o astro apareceu com os “+”, de 2011, o “x”, de 2014, o “÷”, de 2017, e mais recentemente, o “=”.

Foto: Harry George Hall

Leia Mais:

Em entrevista ao The Project NZ, o artista falar sobre sua turnê na Austrália e Nova Zelândia, mas destacou, ao ser questionado, que “não faz o estilo garoto propaganda”. E, por esse motivo, opta por não aparecer no encarte dos álbuns e, com isso, escolheu os símbolos matemáticos.

“Eu, muito cedo na minha carreira, decidi que não… não quero minimizar, mas tenho um rosto para o rádio. E eu fiquei tipo, ‘Eu realmente não quero ser um garoto-propaganda nunca’”.

Então eu meio que descobri uma maneira (de fazer) com cores e símbolos. Eu estava tipo, ‘Eu adoraria chegar a um ponto em que houvesse um outdoor apenas vermelho com um sinal de igual […] e as pessoas dissessem, Oh, Ed tem um novo álbum saindo’”, completou o ruivo.

Na conversa, Ed ainda foi questionado se ele iria mudar o conceito dos nomes matemáticos para seu próximo álbum, ou se “–” (Minus) seria a continuação do “=”, seu recém lançado álbum. No entanto, o cantor britânico descartou essa possibilidade, apesar do símbolo ter aparecido no encarte de sua turnê na Oceania, levantando suspeitas para o lançamento do disco.

Esse não será o próximo disco que eu lançarei”, respondeu. “Eu tenho outra coisa que é um pouco mais complicada. Temos a primeira coisa a cair em 10 dias. Eu não acho que vai ser um grande sucesso na Nova Zelândia, porém, eu tenho que ser honestoVai ser um grande sucesso, em outro lugar. Quando você ouvir, você vai entender”, disse, fazendo mistério. 

Escrito por Leonardo Rocha

IZA testa positivo para a covid-19 e cancela compromissos

Vem aí! IZA anuncia o lançamento do segundo álbum de sua carreira

Rock In Rio promoverá encontro de gerações com espetáculo em homenagem à edição de 1985