Pussycat Dolls. Foto: Divulgação
in ,

É o fim? Turnê das Pussycat Dolls tem venda de ingressos suspensa

Desavença jurídica entre Nicole Scherzinger e afundadora do grupo teria ocasionado suspensão dos shows

Tudo indica que a nova turnê das Pussycat Dolls não vai mais acontecer. É que depois de Nicole Scherzinger ser processada pela fundadora do grupo, Robin Antin, a excursão mundial, que tinha o Brasil como rota, teve a compra de ingressos suspensa nesta segunda-feira (6). Supostamente, as desavenças fizeram a vocalista da girlband dos anos 2000 exigir lucros além do acordado.

Vale lembrar que esta seria a primeira vez que as Pussycat Dolls pisaram em solo verde e amarelo, com três datas agendadas: São Paulo, Uberlândia e Ribeirão Preto (18/06). Os shows estavam marcados para acontecer em junho do ano passado, mas acabaram adiados por conta da pandemia do novo coronavírus. O preço dos ingressos – que não chegaram a ser vendidos – variava de R$ 90 a R$ 590, a depender do setor e da cidade da apresentação.

Nicole Scherzinger
Foto: Reprodução Instagram @pussycatdolls

Outro grande indício do fim do reencontro é que todas as integrantes mudaram suas bios no Instagram e ainda removeram os links para compra dos ingressos da Tour comemorativa. Com isso, milhares de internautas notaram o sumiço do espaço para compra de shows, inclusive, comentaram sobre como proceder para o resgate do dinheiro dos ingressos, caso a turnê, de fato, seja cancelada.

Vale lembrar que na última semana, a empresária moveu um processo multimilionário contra a ex-vocalista da girlband. De acordo com documentos obtidos pelo site “Radar”, Robin acusa Nicole de quebra de contrato. A coreógrafa e fundadora Robin Antin afirma que Scherzinger está exigindo controle criativo total e uma participação maior no novo empreendimento comercial do grupo.

Pussycat Dolls sofreram preconceito pela idade
Foto: Andrew Timms

A cantora teria pedido que sua participação de 49% na empresa, PCD Worldwide, fosse aumentada para 75%, dando a ela o controle criativo. Scherzinger ainda não comento o assunto.

Robin diz nos documentos que as datas da turnê foram planejadas, mas por causa da “extorsão” de Nicole, a Live Nation exigiu a devolução dos US$ 600 mil. Ela está furiosa e exigindo que Nicole pague uma indenização por seu comportamento.

Escrito por Leonardo Rocha

Projota lista seus 5 games favoritos

Site elege as melhores e piores músicas de Miley Cyrus