in

Diretor de documentário fala sobre dores crônicas de Lady Gaga; veja novo trailer de “Five Foot Two”

As dores intensas sofridas por Lady Gaga decorrentes de uma fibromialgia são parte do enredo do documentário “Five Foot Two” que estreia na Netflix no dia 22 de setembro. Apesar do trailer do documentário já mostrar a cantora sofrendo com o problema, o papo foi ampliado apenas depois que a artista cancelou sua participação no Rock In Rio e toda a etapa europeia da “Joanne Tour”.

Em conversa com a revista InStyle, o diretor do documentário falou sobre gravar com Gaga nessas condições.

Veja o novo trailer:

“Este foi um dos assuntos que ela sentiu que precisava sim estar no filme. Muitas das outras coisas ela não tinha uma opinião formada, mas Gaga está ciente de sua posição e sempre vê uma oportunidade de passar uma mensagem positiva no que faz”, disse Chris Moukarbel. “Ela vê este filme como um bom veículo para falar sobre dor crônica e o fato de que muitas pessoas sofrem problemas similares e não tem os recursos que ela tem”, continuou.

Sobre gravar as cenas com Lady Gaga sentindo dor, Chris disse que às vezes a cantora chegou a pedir para parar as filmagens devido a intensidade da crise. “Se ela estivesse tendo um episódio de dor e eu filmando, pessoas tentavam ajudá-la. Eu dava palavras de incentivo se pudesse, mas também deixava a gravação rolar e entendi que era isso o que ela queria, a não ser que ela me pedisse para parar. O que aconteceu algumas vezes”, revelou.

Chris Moukarbel descreveu ainda Gaga como uma pessoa sensível e forte ao mesmo tempo, energética e que além dos episódios de dores crônicas, o documentário ainda retrata o rompimento com o noivo Taylor Kinney e até Madonna. “Você capturou alguns dos momentos mais difíceis da vida dela. Vocês discutiram isso antes de filmar?”, perguntou a revista. “Eu não sei responder porque para ser honesto, não tenho uma referência da vida dela fora desses oito meses. Tenho a impressão que a vida dela é sempre traumática, e excitante e insana. Parecia que sempre estava lidando com muitas coisas no mundo dela e no seu mundo interior no momento que eu estava filmando e eu pensei que era ótimo que eu estivesse ali para capturar tudo isso… se é sobre sua separação ou problemas de saúde, você sabe, ela definitivamente queria continuar e eu tentei ser respeitoso”, comentou.

Escrito por Amanda Faia

Antenada! Janet Jackon dança “Bodak Yellow”, da Cardi B, em turnê

Taylor Swift é processada por suposto plágio na música “Shake It Off”