banner com link para rádio globo
(Foto: Instagram @dra.deolanebezerra)
in ,

Deolane Bezerra se manifesta após sua mãe sofrer assédio em ônibus

“Se estou dentro daquele ônibus, quem iria presa era eu”

Deolane Bezerra se manifestou em suas redes sociais depois que sua mãe, Solange Alves Bezerra Santosfoi vítima de assédio enquanto viajava de ônibus à Queluz, cidade do interior de São Paulo. Ela estava acompanhada das outras duas filhas, Danielle e Dayane, quando foi importunada por um homem durante a viagem.

(Foto: Instagram @dra.deolanebezerra)

Leia mais:

A advogada e influencer postou uma série de vídeos no Instagram Stories. Ela explicou a situação, acusou a empresa dona do coletivo de fazer a fiscalização de documentos dos passageiros de forma frágil, de não dar assistência e ainda expôs ataques à mãe dela. O homem foi preso.

“Se estou dentro daquele ônibus, quem iria presa era eu”, disse Deolane.

Solange, de 54 anos, estava dormindo quando percebeu que o homem a acariciava. Ela pediu por socorro e uma grande confusão tomou forma. Tudo aconteceu por volta das 6h em um coletivo, quando o ônibus fez uma das paradas na Rodovia Presidente Dutra.

Na hora, Daniele e Dayanne, que estavam sentadas em um banco na frente, interviram. Conforme noticiado pelo G1, a Polícia Civil disse que as três mulheres começaram a discutir com o homem, que ainda insistiu em acariciar uma das filhas da vítima. Passageiros interviram e a Polícia Militar foi acionada.

Todos foram para delegacia e, após depoimentos, o delegado decidiu pela prisão do jovem por importunação sexual. A publicação afirma que o assediador é natural de Palmas, no Tocantins, mas há alguns anos mantém residência no Rio de Janeiro. À polícia, ele disse atuar como garoto de programa e, por isso, estaria em São Paulo. Ele não tem antecedentes criminais.

Leia mais:

No vídeo, Deolane acusa a empresa responsável pela viagem de não fazer a fiscalização corretamente: “Como uma empresa de transporte deixa um ser humano viajar sem nenhum tipo de documento de identificação?”.

“[A empresa] Não prestou nenhum tipo de assistência para minha família, deixou todo mundo lá largado com a mala na mão. Tivemos que mandar nossa van particular buscar eles. Me falem, que descaso é esse?“, disse.

Por fim, ela lamentou a onda de ataques sofridos pela mãe após o caso ser noticiado pela imprensa: “É revoltante ver o tanto de pessoas falando que a culpa é da minha mãe por estar andando de ônibus”.

Curtiu esta matéria? Leia mais conteúdos do Oh My God! by POPline. Tem listas, curiosidades, virais, celebs, k-pop, reality shows e muito mais sobre cultura pop!

Escrito por Carolina Stramasso

Gloria Groove é anunciada no line-up do Festival Sarará 2022