Divulgação
O canal apresenta módulos que celebram músicas feitas por cantores negros, além de destacar podcasts sobre a cultura black e questões sociais
in

Com playlists e podcasts em destaque, Deezer lança canal global ‘Black Culture’

Divulgação

A Deezer lançou nesta semana o canal global “Black Culture”, disponibilizado na página inicial e fixo na guia “explorar” da plataforma em todo o mundo.

Devemos à cultura Black a origem ou influência em diversos ritmos musicais, e após o canal especial lançado no Brasil para celebrar o Dia da Consciência Negra em novembro do ano passado, agora a Deezer segue com o seu compromisso de apoiar artistas e criadores negros. O especial vem somar a outras iniciativas para reforçar a visibilidade de diversos talentos dessa cultura tão plural. 

Começando pela música nacional: playlists repletas de hinos de artistas negros que nos inspiram e dão aquela força estão em destaque, como a brasileira “SobreVIVER”. 

Atravessando fronteiras, o módulo “Catálogo Black” apresenta playlists 100% de artistas que movimentam o cenário internacional, como Beyoncé, Rihanna, Prince, Nina Simone, Kendrick Lamar, Drake, Bob Markey e outros. 

Em “Artistas Pretos Icônicos”, os editores da Deezer selecionaram várias playlists para celebrar faixas novas e lendárias de músicos negros que influenciaram gêneros e fizeram história na música. Hip-Hop está repleta de sucessos de nomes como Jay Z, Lil Wayne, Kanye West e Snoop Dogg; Pop tem hits de Michael Jackson, Mariah Carey, Rihanna, Whitney Houston; Rock tem muito Jimmy Hendrix, Phil Lynott, Betty Davis, Prince, e vários outros gêneros também ganharam destaque por lá.

Podcasts brasileiros também ganharam mais visibilidade: AFETOS, por Gabi Oliveira e Karina Vieira, AmarElo – O filme invisível, que é um mergulho nas referências sonoras, visuais, sensoriais e espirituais do projeto AmarElo de EmicidaFora da Caixa, podcast sobre vivência negra e identidades periféricas são alguns deles e Transmissão com Linn da Quebrada e Jup do Bairro que comandam um talk show sobre música, arte e cinema.

“Apoiamos o movimento Black Lives Matter. Ao longo da história, os músicos negros fizeram música que o mundo inteiro ama. Nos anos mais recentes, os criadores de podcasts pretos estiveram no topo das paradas. No entanto, nem todos os artistas e criadores negros estão recebendo a atenção e o respeito que merecem, e queremos mudar isso – nosso novo canal é o primeiro passo em uma longa jornada.

Queremos garantir que haja um espaço permanente na Deezer onde possamos destacar o talento negro globalmente”, conta Junior Foster, editor global da Deezer para o canal “Black Culture” e chefe de relações globais com artistas.

Para conhecer os artistas e criadores de conteúdo negros clique aqui para acessar o canal “Black Culture” da Deezer.

Escrito por Redação POPLine

Ivete Sangalo deixa "The Voice Brasil", Carlinhos Brown volta

Ivete Sangalo deixa “The Voice Brasil”, Carlinhos Brown volta

“Eminem ejaculou precocemente de roupa, não houve sexo com Mariah”, diz DaBrat