(Foto: Reprodução / YouTube)
in ,

Davi reclama: “geral só quer ver o oco mesmo”

Cantor desabafa sobre a dificuldade de ser um artista independente.

O cantor Davi usou o Twitter para desabafar sobre a situação de artistas independentes – sobretudo LGBTQIA+. Ele disse que estava com medo de lançar qualquer coisa agora e ninguém dar bola (provavelmente porque todos os olhos estão voltados para o “BBB”).

A drag queen Lia Clark concordou com Davi. “O medo das independentes é real. Um trabalho / investimento do caral** para ser engolido em sete dias”, twittou. Davi, integrante da extinta Banda Uó, respondeu:

“Se o homem tira o beijo gay no filme é 2m de tweet, trending topics, indignação geral da nação. Quando as LGBT lançam coisa (até erótica) não tem 1/10 de repercussão.. Só fãs e quem já gosta do que o artista faz para segurar. Geral só quer ver o oco mesmo. A pura hipocrisia”, reclamou.

Davi reclama: "geral só quer ver o oco mesmo"
(Foto: Divulgação)

Veja os tweets:

Davi (Sabbag) começou sua carreira solo em meados de 2018, após a dissolução da Banda Uó. Ele lançou o EP “Quando” no mesmo e o álbum “Ritual” em 2019, tudo de forma independente. Ao longo de sua trajetória, gravou e lançou músicas com Jade Baraldo, Jaloo, Urias, Linn da Quebrada e Filipe Papi.

Atualmente, o cantor tem 59,2 mil inscritos em seu canal no YouTube e 160 mil ouvintes mensais no Spotify. O single “Tenho Você” é o maior sucesso da carreira solo dele: com 7,8 milhões de streams no Spotify. Seu lançamento mais recente é “Maçã (Ao Vivo)”.

Escrito por Leonardo Torres

Julie and the Phantoms no Brasil

Banda da série “Julie and the Phantoms” quer fazer shows primeiro no Brasil

aespa forever

K-POP: aespa divulga fotos conceituais de “Forever”