Filme icônico
Foto: Paris Filmes
in ,

Saga “Crepúsculo” entra na Netflix: Relembre a trilha sonora icônica

Músicas marcaram esse fenômeno do cinema!

Os fãs da saga “Crepúsculo” agora podem assistir todos os filmes na Netflix, disponível a partir desta segunda-feira, 15 de fevereiro. Que tal fazer uma pipoca e maratonar nesse carnaval de pandemia? O filme conta a história de Bella Swan (Kristen Stewart) que vai morar com o pai e, na escola, se encanta pelo misterioso Edward Cullen (Robert Pattinson). O que ela não esperava é que ele seria um vampiro, o que fez todo o drama acontecer. Também se destacou um triângulo amoroso com Jacob Black (Taylor Lautner), melhor amigo da moça, que era um lobisomem – inimigos normais dos vampiros.

Bella e Edward
Foto: Paris Filmes

Depois dos livros, foram lançados quatro filmes da saga: Crepúsculo (2008), Lua Nova (2009), Eclipse (2010), Amanhecer – Parte 1 (2011) e Amanhecer – Parte 2 (2012). Durante todos esses filmes, músicas da trilha sonora se destacaram e marcaram época. Vamos relembrar das principais? Vem com a gente!

“Decode”, Paramore

Hayley Williams com sua banda, Paramore, ficou responsável por representar a temática obscura do filme com a música “Decode“, gravada especialmente para a produção. Na época, foi usada como a principal divulgação, ganhando até um clipe temático com a banda em uma floresta e com cenas intercaladas do personagem.

Foi o primeiro top 40 da banda na Billboard Hot 100 depois de “Misery Business“, de 2016. Até hoje é uma das músicas mais conhecidas do Paramore.

“Supermassive Black Hole” – Muse

A trilha sonora do filme é bem alternativa, mas colocou o Muse na playlist de muita gente que não tinha costume de ouvir o som. Uma das cenas mais lembradas é de um jogo de Beisebol. Os vampiros são super fortes e o jogo era mais “agressivo” que o normal. Ao fundo, estava a música “Supermassive Black Hole” para dar o tom.

“Heavy In Your Arms” – Florence And The Machine

A voz potente e o clima místico da Florence foi perfeito para o filme “Lua Nova”, o terceiro da saga. A música foi exclusiva para a trilha sonora do filme e não faz parte de um álbum de Florence And The Machine. Chegou ao pico de #53 no Reino Unido.

Eu era um coração pesado para transportar / Meus pés se arrastaram pelo chão / E ele me levou até o rio Onde lentamente ele deixou eu me afogar“, canta ela.

“It Will Rain” – Bruno Mars

Saindo do clima alternativo, quem ficou responsável pela música de divulgação de “Amanhecer – Parte 1” foi Bruno Mars com “It Will Rain“. Foi uma baladinha matadora que fez sucesso no mundo todo. Chegou ao terceiro lugar na parada Billboard Hot 100, um hit e tanto!

Porque não haverá luz do Sol / Se eu te perder, amor / Não haverá céu limpo / Se eu te perder, amor / Assim como as nuvens, meus olhos farão o mesmo / Se você for embora / Todo dia irá chover, chover, chover“, canta ele.

“A Thousand Years” – Christina Perri

Talvez uma das músicas mais famosas da saga foi a romântica “A Thousand Years“, cantada por Christina Perri. Depois do sucesso, a música se tornou figurinha carimbada em casamentos e em festas de 15 anos.

A Thousand Years” apareceu tanto na parte 1, quanto na parte 2 de “Amanhecer” – foi lançada uma versão diferente com algumas modificações. Inclusive, a cena final de toda a saga foi ao som dessa linda canção, mostrando o final feliz do casal;

A Thousand Years” teve o pico de #31 na Billboard Hot 100, sendo o segundo maior sucesso da cantora Christina Perri depois de “Jar of Hearts“.

Escrito por Caian Nunes

Saída de Nego Di é esperada por Cleo, Neymar, Maísa e outros famosos

Now United no México: veja quais integrantes participam da reunião!

Now United no México: veja quais integrantes participam da reunião!