in ,

CONAR afirma que Pabllo Vittar “optou por não se defender” no caso de “Parabéns”

A restrição de idade ao clipe de “Parabéns” da Pabllo Vittar segue gerando polêmica. O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (CONAR) emitiu uma nota oficial afirmando que a drag queen “optou por não se defender” no caso, que foi julgado em 5 de dezembro pelo Conselho de Ética e deliberado por unanimidade.

>> “Parabéns”: Mesmo com restrição de idade, clipe de Pabllo Vittar aumenta em visualizações diárias

O clipe de “Parabéns” está restrito para maiores de 18 anos no Youtube – necessitando que o usuário faça login para confirmar a idade e ver o vídeo. O motivo é uma cena de três segundos em que a cantora segura uma garrada de vodca – resultado de uma parceria publicitária. O problema é que a propaganda de bebida alcoólica para menores de idade é proibida por lei.

Pabllo Vittar, no entanto, encara como “censura seletiva”, porque clipes de outros artistas também têm bebida alcoólica, sem que isso seja uma questão para o CONAR. O órgão, por sua vez, afirma que “talvez não tenha conhecimento de outros clipes” com bebidas e que esse tipo de denúncia é incomum.

Escrito por Leonardo Torres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Já com clipe, Rosalía lança a inédita “Juro Que”

Gusttavo Lima canta “Evidências” em festa de aniversário da sobrinha e viraliza ao fazer dueto!