Com foco em podcasts, Warner Music e Spotify firmam parceria
Foto: Wll Francis/Unsplash
in

Com foco em podcasts, Warner Music e Spotify firmam parceria

Acordo prevê uma série de podcasts originais construídos em torno dos catálogos de artistas e compositores do WMG

O Warner Music Group (WMG) e o Spotify anunciaram nessa quinta-feira (15) que firmaram uma nova parceria que levará as duas empresas a desenvolver uma série de podcasts originais construídos em torno dos catálogos de artistas e compositores do WMG, apresentando alguns dos maiores nomes da música. De acordo com o comunicado, os fãs poderão vivenciar as histórias por trás de alguns dos maiores sucessos e conhecer o trabalho de seus artistas e compositores favoritos.

“Os podcasts mais impactantes compartilham com a música o componente-chave da narrativa e da experiência pessoal. Em parceria com o Warner Music Group, procuramos desenvolver histórias aproveitando seus artistas e catálogos exclusivos ”, disse Courtney Holt, VP Global Studios & Business, Spotify. “Estamos ansiosos para ajudá-los a aproveitar o poder do podcasting para criar uma conexão mais profunda com os fãs”.

“Estamos entusiasmados em dar este passo em frente com o Spotify, à medida que fortalecemos e aprofundamos nossa parceria existente. Os podcasts oferecem uma oportunidade de desbloquear valor para artistas e compositores, oferecendo histórias novas e exclusivas para fãs de todo o mundo ”, disse Oana Ruxandra, EVP, Diretor de Desenvolvimento de Negócios e Digital, Warner Music Group. “Estamos ansiosos para trabalhar com o Spotify para experimentar e impulsionar o crescimento em podcasting.”

Investimento em Podcasts

A notícia segue o recente lançamento da Warner Music Group do podcast BLK In America pela Topsify, que mostra artistas negros influentes – como Rico Nasty, Chaka Khan e Keedron Bryant – discutindo o que significa ser negro na América do Norte.

Hoje, a WMG produz vários podcasts de toda a sua rede, incluindo WHOOOSH! curado e hospedado por Simon Le Bon; o podcast oficial do Prince em colaboração com sua propriedade; Digging Deep, de Robert Plant; o Good Ol Grateful Deadcast apresentado pelo músico Rich Mahan e o editor contribuinte da Relix, Jesse Jarnow; The Rhino Podcasts, contando histórias de lendas como Aretha Franklin, Todd Rundgren e John Densmore do The Doors.

Em paralelo, também tem: o Warner Chappell Music’s Final Sessions, uma série que narra a longa e fascinante narrativa por trás do lançamento de Losst and Founnd – o álbum das gravações finais do falecido cantor / compositor Harry Nilsson; o programa XXWhy do Grandson entrevistando outros artistas e ativistas; bem como o programa de sucesso cultural Uproxx’s People’s Party, apresentado por Talib Kweli.

O Spotify agora é o lar de mais de dois milhões de podcasts, e deixa claro que essa é uma das principais estratégias para o ano de 2021. No evento Stream On de fevereiro, a plataforma confirmou a expansão para mais de 80 novos mercados, lançando seu catálogo de podcast completo. Para os outros, trabalhará em estreita colaboração com parceiros locais para apresentar mais podcasts de seu catálogo, bem como a plataforma de criador proprietária do Spotify, o Anchor. Saiba mais detalhes acessando aqui.

Escrito por Láisa Naiane

BBB 21: Simone e Simaria farão show na festa desta sexta

Apple Music revela quanto paga aos artistas por stream