(Foto: Reprodução/Twitter @swiftupload)
in ,

Com faixas inéditas, Taylor Swift relança o álbum “Fearless”

Relançamento faz parte das regravações do catálogo inicial da cantora.

Taylor Swift começa a retomar os direitos sobre seu próprio catálogo inicial e relançou nesta sexta-feira (09) o álbum “Fearless”, o segundo de sua discografia, lançado em 2008. O relançamento é uma regravação fiel à versão original e ainda ganhou faixas inéditas.

Fearless regravado
Foto: Divulgação

Não é novidade mais para ninguém que Taylor Swift enfrentou problemas com sua antiga gravadora, a Big Machine Records, que vendeu os direitos das músicas de seu catálogo inicial, compreendendo seus seis primeiros discos, para o empresário Scooter Braun.

Agora, as masters de todos esses trabalhos são de propriedade do empresário e da gravadora e Taylor não possui nenhum direito sobre elas.

Regravar seu catálogo inicial foi a maneira que ela encontrou de virar o jogo e pegar de volta os direitos de suas próprias músicas.

Ouça o “Fearless (Taylor’s Version)”:

É esperado que, nos próximos meses, Taylor Swift lance mais alguns de seus primeiros álbuns, completamente regravados e com faixas inéditas, compostas na época de cada um dos projetos, mas nunca antes lançadas.

>> Regravação do “Fearless” deverá estrear em 1º lugar

Taylor Swift explica os detalhes

À época do anúncio do lançamento da regravação do “Fearless”, em suas redes sociais, Taylor Swift explicou todo o contexto por trás desse projeto:

Quando penso no álbum ‘Fearless’ e em tudo em que o transformou, um sorriso completamente involuntário surge em meu rosto. esta foi a era musical em que tantas piadas internas foram criadas entre nós, tantos abraços trocados e mãos tocadas, tantos laços inquebráveis foram ​​formados. Portanto, antes de dizer qualquer outra coisa, deixe-me dizer que foi uma verdadeira honra ser um adolescente ao seu lado. E para aqueles de vocês que conheci mais recentemente do que 2008, estou extasiada por poder experimentar um pouco desse sentimento com vocês em um futuro muito próximo“, refletou ela.

A cantora continua: “Agora que posso apreciá-lo plenamente em sua totalidade caótica e efervescente. ‘Fearless’ foi um álbum cheio de magia e curiosidade, a felicidade e devastação da juventude. Foi o diário das aventuras e explorações de uma adolescente que estava aprendendo lições minúsculas com cada nova fenda na fachada do final de conto de fadas que ela tinha visto nos filmes. Fico feliz em dizer que minha nova versão do ‘Fearless” está finalizada e estará com você em breve. É chamada de ‘Fearless (Taylor’s Version)’ e inclui 26 músicas. Falei muito sobre por que estou refazendo meus primeiros seis álbuns, mas a maneira que escolhi fazer isso ajudará a iluminar de onde estou vindo“, escreveu.

Os artistas deveriam possuir seu próprio trabalho por muitos motivos, mas o mais gritante e óbvio é que o artista é o único que realmente conhece aquele corpo de trabalho. Por exemplo, só eu sei quais músicas eu escrevi que quase entraram no álbum. Canções que eu absolutamente adorei, mas foram retidas por motivos diferentes (não quero muitas canções de término, não quero canções muito lentas, não cabem tantas canções em um CD físico). essas razões parecem desnecessárias agora. Decidi que quero que você tenha toda a história, veja a imagem vívida inteira e deixe-o entrar em toda a paisagem dos sonhos que é meu álbum Fearless. É por isso que escolhi incluir 6 canções nunca antes lançadas na minha versão deste álbum. Foram escritas quando eu tinha entre 16 e 18 anos, foram essas que foram mais difíceis para deixar para trás“, completou.

Escrito por Kavad Medeiros

J Balvin, Gwen Stefani, Zé Felipe estão entre os mais de 30 lançamentos da semana

Indicação do líder ao paredão BBB 21

BBB: Novo líder, Caio revela quem deve mandar ao paredão