in ,

Camila Cabello e Shawn Mendes são criticados por usarem oito compositores para escrever “Señorita”; Halsey sai em defesa

O site da Billboard publicou uma matéria chamando a atenção para o fato de que “Señorita”, novo sucesso de Shawn Mendes e Camila Cabello, precisou de oito compositores e 15 meses para ficar pronta. Foi informação suficiente para o Twitter ser dominado por críticas aos cantores e mensagens como “saudades de quando artistas compunham suas próprias músicas”. Na verdade, Shawn e Camila dividem os créditos de composição com os outros oito autores – Andrew Watt, Benny Blanco, Ali Tomposi, Charlotte Emma Atichison, Jack Patterson e Cashmere Cat.

A cantora Halsey viu toda a confusão no Twitter e saiu em defesa dos artistas. “Escrever músicas é um sistema bem estranho”, ponderou, “se alguém toca a guitarra, a bateria, adiciona o piano, sugere uma harmonia, todos artistas e colaboradores que iniciaram a ideia da música, etc… TODOS levam o crédito. É um sistema estranho”.

Na matéria da Billboard, Ali Tamposi e Andrew Watt contam que a ideia inicial para “Señorita” partiu deles. Eles estavam em uma sessão em estúdio com Charli XCX e Jack Patterson, do Clean Bandit. Eles depois chamaram Benny Blanco e Cashmere Cat para se unir ao trabalho. A ideia de transformar a música em dueto, no entanto, veio de Shawn Mendes – quem decidiu chamar Camila Cabello para gravar com ele.

Escrito por Leonardo Torres

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

James Maslow, ex-integrante do grupo Big Time Rush, confirma show único no Brasil

Baú: porque Missy Elliott merece receber o Vanguard Award do VMA 2019