banner com link para rádio globo
in ,

Bono diz não gostar do nome do U2 e ter vergonha de muitas músicas da banda

Ele também confirmou que acredita que “Vertigo” é um de suas músicas favoritas.

O momento que o fã mais caxias do U2 temia chegou. Bono, líder do grupo, confirmou que não gosta do nome da banda e ainda afirmou ter vergonha de diversas músicas de seu catálogo.

Leia Mais:

Foto: Joe Pugliese

Bono participou do podcast Awards Chatter, do The Times, onde contou uma série de curiosidades do U2 e confessou ter sentimentos de desaprovação a cerca do seu próprio trabalho e desempenho à frente da banda. Logo de cara, ele falou que normalmente desliga o rádio quando uma música do U2 é executada, pois não suporta ouvir sua própria voz; ele ainda afirmou que só aprendeu a cantar “recentemente”.

O vocalista também confimou que não gosta do nome do U2:

“Eu realmente não gosto, mas acho que eu tinha algum tipo de dislexia. Eu nem percebi que ‘The Beatles’ também não era um bom trocadilho. Em nossa cabeça, [U2] era como o avião espião, U-boat, era futurista – e acabou implicando esse tipo de aquiescência. Não, eu não gosto desse nome. Eu ainda não gosto muito do nome.”

Bono ainda explicou que foi influenciado pelo primeiro empresário do U2 na escolha do nome: “Paul McGuiness, nosso primeiro empresário, também falou ‘Olha, é um ótimo nome. Vai ficar bonito em uma camiseta, uma letra e um número.’ “

O artista ainda falou que a maioria de suas performances vocais lhe dão vergonha. Ele lembrou de uma situação nos anos 1980, quando Robert Palmer disse ao baixista Adam Clayton que Bono poderia cantar mais baixo:

“‘Deus, você poderia dizer ao seu cantor para cantar um pouco mais baixo. Ele faria um favor a si mesmo e a todos nós que temos que ouvi-lo’. Mas eu estava fora do meu corpo. Não estava pensando em cantar. Eu realmente não pensava em mudar o tom.”

Ainda assim, Bono também confirmou que acredita que o som produzido pelo U2 é “incrível” e que “Vertigo”, faixa lançada pelo U2 em 2004, é uma das que tem mais orgulho. “É a maneira com a qual essa música se conecta com o público,” explicou.

Escrito por Mari Pacheco

Hot 100: Adele é #1 pela 9ª semana; GAYLE entra no top 10

Maria desfaz suas tranças nagô e exibe novo visual no BBB22