Beyoncé em ação do casal Barack e Michelle Obama.
in

Beyoncé receberá prêmio humanitário no BET Awards 2020

Beyoncé tem se destacado nos últimos anos como uma artista na linha de frente na luta contra a desigualdade social. Prova recente disso é o seu novo single, “Black Parede em resposta à brutalidade policial nos Estados Unidos contra afro-americanos. Em razão da sua preocupação social ela receberá o Humanitirian Award (Prêmio Humanitário) no BET Awards 2020 no domingo, (28), às 21h, (horário de Brasíia).

Beyoncé ganhará prêmio humanitário no BET Awards 2020(Créditos: Courtesy of Beyoncé)

A cantora será homenageada por suas iniciativas com a fundação BeyGOOD. Nos últimos anos Beyoncé sua instituição ajudou a entrada de mulheres na faculdade. Além disso, a iniciativa BeyGood4Burundi ajuda a levar água potável para o leste africano e o Programa de Homecoming Scholars Award, que ajudou estudantes de oito faculdades e universidades da HBCU . Beyoncé também ajudou a estabelecer a iniciativa #IDIDMYPART em sua cidade natal, Houston, para testes com COVID-19.

No BET Awards já foram anunciados tributos que incluem Lil ‘Wayne prestando homenagem a Kobe Bryant e Wayne Brady em homenagem a Little Richard .

Beyoncé libera versão acapella de “Black Parade”

Beyoncé lança nova música "Black Parade", confira tradução.
Foto: Reprodução da capa do single “Black Parade”.

Beyoncé voltou com mais “BLACK PARADE”! Mas, dessa vez, Queen B apostou no vozeirão e lançou uma versão acapella da nova música protesto, que homenageia o Juneteenth, ou Dia da Liberdade, nos Estados Unidos.

“BLACK PARADE” foi lançada de surpresa na noite de sexta-feira (19), nos Estados Unidos, mas madrugada de sábado (20) no Brasil. A letra foi escrita por Beyoncé, com o marido Jay Z.

“Feliz décimo terceiro fim de semana! Espero que continuemos a compartilhar alegria e celebrar um ao outro, mesmo no meio da luta. Por favor, continuem lembrando nossa beleza, força e poder”, escreveu ela em seu post no Instagram.

A música teve um excelente desempenho nas plataformas de streaming, no fim de semana. No Spotify, ela registrou 1,3 milhão de streams em seu primeiro dia. Isso valeu uma estreia em 52º lugar na parada global do serviço – a mais bem posicionada da atualização divulgada no domingo (21).

Nos Estados Unidos, “BLACK PARADE” debutou em 23º lugar, com 555 mil streams. Já no Brasil, a música nova da Beyoncé garantiu sua estreia em 48º lugar, com 241 mil streams.

Beyoncé incentiva empreendedores negros

Beyoncé: "BLACK PARADE" estreia nas paradas do Spotify
Cantora criou ação em seu site para ajudar empreendedores negros (Foto: Divulgação / Parkwood Entertainment)

Além da música nova, Beyoncé pensou em outra ação para celebrar o Juneteenth: um site especial com venda de produtos de pequenos empreendedores negros.

No beyonce.com ela hospedou o projeto batizado de BLACK PARADE ROUTE, que vende peças de arte, quadros, roupas, além de serviços que incluem aulas de ioga, filmagem, entre outros.

Os recursos angariados com a música “BLACK PARADE” também serão enviados ao Black Business Impact Fund, em parceria da fundação BeyGOOD, da própria Beyoncé, com o National Urban League.

A versão nova de “Black Parade (versão Acapella)” está disponível exclusivamente no TIDAL, que você acessa aqui.

Playlist com artistas negros

Depois de lançar sua faixa surpresa “Black Parade”, Beyoncé continuou comemorando o dia da libertação dos escravizados, nos Estados Unidos, com uma playlist no TIDAL: “Motherland Drip”, com James Brown, Stevie Wonder, Nina Simone, Jay-Z, Nipsey Hussle e muito mais.

A coleção tem 30 faixas e inclui um punhado de registros da própria cantora, como “Before I Let Go” e “Brown Skin Girl”, de “O Rei Leão”. A lista de reprodução termina com o discurso “We Shall Overcome”, de Martin Luther King, ícone da luta antirracial americana.

Escrito por Helena Marques

Katy Perry revela que escreveu música para sua filha em seu novo álbum

YouTube confirma novo documentário de Demi Lovato, continuação do “Simply Complicated”