Sia defende Johnny Depp. Foto: Getty Images
in ,

Babado! Sia declara apoio a Johnny Depp em briga judicial contra Amber Heard

Cantora e compositora fez uma série de publicações no Twitter, alegando que o ator é uma “vítima” da ex-mulher

Sia provou que a máxima “em briga de marido e mulher não se mete a colher” está totalmente fora de moda. É que a cantora fez uma série de postagens em seu Twitter, na noite de quinta-feira, defendendo Johnny Depp, na briga judicial contra a ex-mulher, a atriz Amber Heard. Sem provas,mas cheia de opinião, a compositora alegou que o protagonista do filme “Piratas do Caribe” é uma “vítima”, acusando Amber de estar lucrando em cima da separação dos dois.

Inicialmente, Sia compartilhou um vídeo do YouTube, de aproximadamente uma hora de duração, em que um homem afirma ter provas de que Amber não teria sido vítima de violência doméstica de Depp. Mas, sim,  a agressora. Em seguida, a cantora disparou. “Apenas mostrando meu apoio público a Johnny Depp”. O post conseguiu mais de 8,4 mil curtidas.

Quer dizer, eu adoraria que ele ficasse limpo, mas ele é claramente a vítima depois de ouvir aquelas gravações”, acrescentou ela, provavelmente referindo-se às gravações divulgadas no tribunal em fevereiro deste ano, gravadas em 2015, quando Amber Heard admitiu ter batido em Depp. Ela também postou outro tweet falando sobre o ex-namorado de Heard, Elon Musk, com quem a atriz namorou por cerca de um ano antes de se separarem em 2018.

Sia no Billboard Music Awards 2020
Foto: Getty Images / Uso Autorizado POPline

“Além disso, @elonmusk, você não deu a ela os sete milhões que ela ‘doou’ do seu acordo?“, começou. “Ela ainda saiu sete milhões mais rica. Por que você está protegendo ela? Ela nunca terá a ajuda de que precisa se todos ficarmos em silêncio!”, completou ela, recordando os US$ 7 milhões que Amber Heard recebeu como acordo do divórcio de Johnny Depp.

Nem Amber Heard nem Johnny Depp responderam publicamente aos comentários de Sia no Twitter. O ex-casal oficializou a união em uma cerimônia privada em sua casa em Los Angeles, nos Estados Unidos, em 2015, mas Amber Heard pediu o divórcio em 2016, entrando com uma ordem de restrição contra Depp. Desde então eles travam uma batalha judicial, depois que o ator entrou com um processo de difamação de US$ 50 milhões contra Heard.

Escrito por Leonardo Rocha

K-Pop: Em carta, Chen, do EXO, confirma ida para o serviço militar ainda neste mês

Jojo Todynho acalma Raissa Barbosa após discussão com Luiza Ambiel