in ,

Audiência sobre definição da tutela de Britney Spears é adiada por causa do coronavírus

Britney Spears faz sucesso com música de 2016
Foto: Divulgação

A audiência oral que determinaria se Britney Spears deve ou não permancecer sob tutela foi adiada por causa da pandemia do coronavírus. Segundo a imprensa americana, a audiência ocorreria no dia 22, mas a cantora não apareceu no tribunal e foi decretado sigilo no caso. Caso determine manter a cantora sob tutela, o juíz deverá determinar também o grau de envolvimento da mãe em sua guarda, como exigiu a progenitora.

Depois que um vídeo de TikTok expondo a tutela de Britney Spears viralizou recentemente, o drama vivido pela cantora há 12 anos tem se tornado assunto constante nas redes sociais e na imprensa. Nesta quinta-feira (23), o jornal espanhol El País quem relembrou o caso de sua interdição pelo próprio pai.

LEIA MAIS

>>> #FreeBritney: vídeo sobre tutela de Britney viraliza e cantora recebe apoio de Tinashe
>>> Britney Spears vende mansão por R$ 35 milhões! Veja fotos
>>> Britney Spears dança ao som de “Haunted”, da Beyoncé

Na matéria “A difícil vida de Britney Spears, que ainda fatura milhões, mas vive com 1.500 dólares por semana”, a publicação narra os primeiros passos da carreira da cantora, além de sua relação com Justin Timberlake e o surto vivido em 2007, que culminou com a estrela de cabelo raspado.

“O assédio à cantora havia atingido alturas inimagináveis, comparáveis somente a de rostos como Lady Di e Whitney Houston. Muito antes do que a conscientização sobre as doenças mentais imperasse, a imprensa tratou o ocorrido quase como uma brincadeira”, diz a publicação.

Interdição de Britney

Com problemas psiquiátricos e abuso de drogas, Britney foi internada em uma clínica de reabilitação na época e, desde 2008, seu pai, Jamie Spears, ganhou o direito de ser seu tutor. No ano passado, ele passou a tutela da cantora para Jodi Montgomery, que já trabalha há algum tempo como “cuidador” dela.

A tutela é um status reservado para pessoas muito idosas, doentes, que sofrem de demência ou que é incapaz de tomar decisões por si mesmas. Mas o diagnóstico de Britney que teria motivado sua tutela pelo pai nunca foi divulgado.

Além de sua liberdade limitada, todos os gastos da cantora são aprovados (ou não) pelo seu tutor. Segundo o El País, apesar de ganhar milhões, a estrela do Pop vive com US$ 1,5 mil por semana.

#FreeBritney ganha força

O movimento #FreeBritney vem ganhando força, com apoio de celebridades, imprensa e de uma sólida base de seguidores que não só especulam sobre a situação da cantora como esperam que ela recupere as rédeas de sua vida.

A hashtag ressuscitou e se transformou em um movimento depois que a cantora anunciou o cancelamento de seu novo espetáculo em Las Vegas, “Domination”, para centrar-se em seu pai, cujo estado de saúde era frágil após uma perfuração do cólon.

Em março, a saída de um dos advogados do acordo também preocupou os fãs. Os motivos enigmáticos que ele mencionou foram que, de outra maneira, Britney sofreria “um detrimento substancial, dano irreparável e um perigo imediato”.

O fato é que há 12 anos a cantora tem sua liberdade limitada. O ponto questionável é que Britney seguiu trabalhando durante todos esses anos, mesmo tendo, supostamente, um problema psiquiátrico que a tornaria incapaz de responder por si mesma.

Tinashe sai em defesa de Britney

Depois que o vídeo no TikTok expondo a situação de Britney viralizou, várias pessoas manifestaram apoio à cantora pelas redes sociais.

Nos Estados Unidos, a hastag #FreeBritney virou o assunto mais comentado do Twitter, neste domingo (05).

A cantora Tinashe foi uma das pessoas que postou mensagens de apoio à princesinha do Pop. Num recado publicado na rede social, mas apagado pouco tempo depois, ela recordou as vezes em que as duas trabalharam juntas e disse que Britney é uma estrela.

“Em trabalhei com Britney Spears várias vezes, ela é um anjo e uma estrela. A respeitem”, disse.

 

 

 

Escrito por Victor Arris

Aricia, nova contratada da KondZilla Records, mostra teaser exclusivo de seu clipe “Tá com a Boca na Minha”

Mariah Carey compartilha incrível aquecimento vocal da época de seu álbum de estreia