Mês da Comunidade LGBTQIA+
Foto: Divulgação
in ,

As Baías farão live celebrando o orgulho LGBTQIA+

Live está marcada para 27 de junho.

Julho é o mês do Mês da Comunidade LGBTQIA+ e o trio As Baías não poderia ficar fora das homenagens. Para isso, foi marcada uma live especial para 27 de junho com muita música e participações especiais de MC Rebecca, Linn da Quebrada, Tassia Reis, All Ice e Gloria Groove. Uma surpresa será a narrativa de João Luiz, do BBB21.

O cenário será o topo de um prédio em São Paulo, deixando tudo ainda mais diferente e impactante. Imperdível!

 LGBTQIA+
Foto: Divulgação

As Baías e a diversidade

O trio As Baías é formado por duas mulheres e trans e um cis hetero. Além disso, sempre estiveram engajados em causas de inclusão social, o que faz parte da trajetória deles de forma muito forte. Assim, com músicas autênticas, Assucena Assucena, Raquel Virginia, e Rafael Acerbi mostraram que o talento fala mais alto e conquistaram o Brasil.

Assucena Assucena reflete sobre a importância dessa live:

“Faz algum tempo que As Baías têm sonhado em ocupar um lugar de destaque na Parada LGBTIA+ de São Paulo. Por ironia e por oportunidade, nós faremos o nosso maior projeto de show numa Live, em meia a uma pandemia. Essa Live se alinha ao nosso projeto de popularização de nossa música e de autoafirmação do lugar das pessoas Trans e Travestis nos espaços de poder, portanto de destaque”, afirma ela.

”Sempre foi um objetivo da banda ter esse espaço na Parada LGBTQIA+, carregamos em nosso DNA a diversidade não apenas na música, mas em nosso dia a dia, somo duas mulheres trans e um hetero cis, eu mulher trans preta de periferia de São Paulo, Assucena mulher trans nordestina e o Rafa homem hetero de minas gerais de uma familia mais conservadora. Queremos muito ocupar esse nosso lugar de fala para conquistarmos de fato nosso lugar de fala.” comenta Raquel Virginia.

O que esperar? Rafael Acerbi garante que vai ser ambicioso, afirmando que é difícil criar um projeto audiovisual que substitua os shows. “Está live é um dos projetos mais ambiciosos que as baias já construiu. E tudo fica mais difícil numa pandemia. Tenho reparado que existe um cansaço tanto dos artistas quanto do público em relação às lives como um todo. Realmente é muito difícil construir um conteúdo audiovisual que impacte e substitua pelo menos por agora os shows presenciais. Nossa tentativa nessa live será de construir algo novo no Brasil, impactante e emocionante, que crie uma interatividade com o público em casa.”

Não vai perder, não é mesmo?

Escrito por Caian Nunes

Beijo e Bye Bye

Beijo e Bye Bye: MC Rebecca sensualiza com gogoboys em clipe

Kerline vê Juliette como “heroína para o Brasil” por vencer o BBB