in ,

Ariana Grande faz entrevista com Troye Sivan e fala como sua ansiedade inspirou o “Sweetener”

Todo mundo amou “Dance To This”, dueto de Troye Sivan e Ariana Grande. Que tal, então, estender essa parceria em uma entrevista? Foi isso que pensou a revista Paper, que juntou os dois para uma troca de ideias.

O álbum “Sweetener”, é claro, foi o centro das atenções. Ela conta que, apesar de ter assumido uma personalidade mais doce, o álbum ainda tem algo de Dangerous Woman (seu antecessor). “Dangerous Woman é uma parte de quem eu sou, e claro, há ainda um pouquinho dela em Sweetener, com ‘God Is a Woman’ e com ‘Borderline’. Mas esse álbum é muito mais agradável, e eu queria que as pessoas se sentissem muito bem quando ouvissem isso. O que meus amigos dizem quando ouvem este álbum é: ‘parece a garota com quem saímos’. Quando eles ouvem, eles ficam tipo: ‘esse é nossa amiga'”, refletiu.

Troye Sivan concorda e cita uma música em especial. “Sim, bem, quero apenas mencionar uma música específica”, disse, falando de “Get Well Soon”. “Ok, então essa abalou minhas estruturas. Você fez com Pharrell [Williams], certo? E eu nunca tinha ouvido você cantar como algo assim,eu acho que é a coisa mais pessoal que eu já ouvi você cantar. Apenas me senti tão real, muito pessoal e realista”, elogiou. “Eu sinto que essa música vai significar muito para tantas pessoas. E então, o que você acha que essa mudança para escrever algo tão pessoal quanto isso significa? Como você chegou a algo tão vulnerável quanto isso?”, questionou.

Ariana respondeu: “Em primeiro lugar, obrigada e eu te amo muito com todo o meu coração. Mas no geral, [Pharrell] meio que forçou isso para sair de mim, porque eu estava em um lugar muito ruim mentalmente. Eu sempre tive ansiedade, tenho ansiedade há anos. Mas quando cheguei em casa da turnê, chegou a um pico muito diferente e intenso. Tornou-se físico e eu não estava melhorando, senti como se estivesse fora do meu corpo. […] Foi muito estranho, e tudo isso estava em minha mente. Pharrell ficou tipo: ‘Você tem que escrever sobre isso. Você precisa transformar isso em música e tirar essa coisa de dentro, e eu prometo que vai te curar’. E isso definitivamente ajudou. Ainda levei algumas semanas para me sentir melhor, mas olhando para trás agora de um lugar mais saudável, é provavelmente uma das músicas mais importantes que eu já escrevi”.

Sobre a parceria “Dance To This”, eles trocam elogios. “Eu estou obcecada por você. Eu acho que você é tudo que a música pop precisa e eu acho que sua presença de palco, sua voz, sua estética e literalmente tudo sobre a sua arte é tão divino”, elogiou Ariana.

“Obviamente eu sinto que sua voz fala por si mesma, mas musicalmente é óbvio que eu acho que você é literalmente uma lenda em formação e eu sinto que você não tem nada para se preocupar, você vai ser lembrada pelo resto dos tempos”, soltou Troye Sivan.

Escrito por Caian Nunes

Beyoncé, Jay Z e Taylor Swift são as maiores apostas para álbum do ano no Grammy

Liam Payne diz que “ama sexo” e que essa é a melhor forma de se expressar com sua música