Ariana Grande dá dica que lançará show na Netflix
(Foto: Getty Images / Uso autorizado POPline)
in ,

Ariana Grande dá dica de que lançará show na Netflix

Registro da “Sweetener World Tour” foi disputado pela Netflix e pelo YouTube.

Ariana Grande e Netflix estão interagindo nas redes sociais, dando pistas de que a cantora lançará o registro audiovisual da “Sweetener World Tour” na plataforma. A cantora postou três fotos da turnê de 2019 no Instagram e marcou a Netflix.

Ela fez o mesmo no Twitter: fez um post com três fotos do show e depois respondeu a si mesma com um @netflix. A conta oficial da empresa deu RT e respondeu a popstar com a mensagem “desculpe-me, eu te amo”.

Ariana Grande já lançou álbum da turnê

Os fãs da Ariana Grande já esperavam pela liberação do registro desse show há tempos. Em dezembro do ano passado, a cantora liberou nas plataformas digitais o álbum ao vivo “K Bye For Now (SWT Live)” logo após o fim da última apresentação da turnê.

A “Sweetener World Tour” não passou pelo Brasil, então esse registro cairia bem especialmente para os fãs brasileiros. Ariana Grande fez 101 shows com essa turnê, a grande maioria na América do Norte. Mas ela também percorreu a Europa. Foram mais de 1,3 milhão de ingressos vendidos.

Ariana Grande dá dica que lançará show na Netflix
(Foto: Getty Images / Uso autorizado POPline)

Show foi disputado pela Netflix e pelo YouTube

Um dos motivos para a demora do lançamento do registro audiovisual da turnê foi a disputa entre a Netflix e o YouTube. As duas empresas queriam a exclusividade do material. Ariana Grande já fez outros trabalhos com o YouTube, mas a Netflix acabou levando a melhor.

De acordo com o jornal inglês The Sun, a Netflix fez uma oferta de US$ 5,3 milhões para obter os direitos do audiovisual da “Sweetener World Tour”. O empresário da cantora, Scooter Braun, foi quem negociou com as duas empresas.

Agora é aguardar a data de lançamento.

Escrito por Leonardo Torres

A Fazenda: Tays Reys deixa escapar que já ficou com Léo Santana

Fãs relembram os 40 anos da morte de John Lennon no Twitter