in

Após vitória, jornal britânico afirma que participar de reality show chinês foi uma das melhores decisões de Jessie J

Jessie J foi a grande vencedora de 2018 do reality show “Singer”, da China, recebendo 47,9% dos votos da final. Atualmente como uma das cantoras mais populares do país, ela provou o motivo pelo qual aceitou participar. Quando de início muitos estranharam, já que ela própria já foi jurada do The Voice britânico e australiano, acabou sendo um “novo respiro em sua carreira”, diz o jornal britânico The Sun.

“Me sinto muito grata por ter tido a oportunidade de desencadear algum tipo de ponte entre entred uas culturas. Eu sinto que a China, para mim, é outra casa agora”, afirmou ela. “Este show mudou minha vida e me fez uma pessoa melhor e com um desempenho superior”, completa.

Uma publicação compartilhada por J E S S I E . J (@jessiej) em

Ainda de acordo com o The Sun, Jessie J aproveitou de uma visibilidade impressionante e, além disso, faturou cerca de £20 milhões durante sua participação. “Essa pode ter sido uma das melhores decisões de sua carreira até agora”, afirmou o colunista Dan Wootton.

“Jessie participou apenas para lembrar as pessoas o que ela poderia fazer”, disse uma fonte do jornal, “Além disso, na China, eles só se importam com a voz dela, não com a vida pessoal”, confirmou.

Apesar de sucessos pontuais, Jessie J tem passado por momentos de dificuldade em sua carreira. Atualmente, ela espera o aval de sua gravadora para lançar o álbum “R.O.S.E.”. Pelo menos na China, o sucesso deve ser tão triunfal quanto sua participação no programa.

Escrito por Caian Nunes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Revista Vogue passa 24 horas com Camila Cabello e mostra bastidores de sua turnê

Ariana Grande está revelando capa de seu single e já tem a primeira prévia de “No Tears Left To Cry” no meio