in

Após polêmica, internet vê onda de vídeos sobre não-posicionamento político da Anitta no YouTube

No meio do furacão das campanhas presidenciáveis do Brasil de 2018, Anitta acabou sendo o centro das atenções. A história começou quando a cantora seguiu uma amiga abertamente apoiadora do candidato Jair Bolsonaro, envolvido em casos de homofobia, machismo e racismo. Desde então, começou uma onda de comentários e pedidos para que ela se pronunciasse sobre o assunto, dando seu posicionamento e, principalmente, apoiasse a causa LGBTQ+. No entanto, ela prefere se manter privada sobre o assunto.

“Hoje eu comecei a ser atacada, xingada e ameaçada porque eu segui uma amiga que expôs publicamente sua intenção de voto. Também estão fazendo o mesmo com minha amiga, que eu conheço há mais de 7 anos, e eu não gostaria de parar de falar com ela por causa da sua posição política”, afirmou ela.

“Eu tenho sim o meu candidato, como cidadã eu pesquisei e escolhi, dentro do que acredito, o meu candidato, mas assim como vocês eu tenho direito ao meu voto secreto. Eu não quero dar posição. Não é porque eu sou uma artista e tenho uma vida pública que eu sou obrigada a dizer qual é o meu voto. […] Eu não sou obrigada a fazer política pra ninguém”, completa.

No YouTube, esse se tornou um dos principais assuntos nos mais variados tipos de canais – inclusive internacionais. Os youtubers explicam a situação e questionam o que isso implica para a sociedade e para a cantora, cada um colocando seu ponto de vista. Fizemos uma seleção com alguns vídeos interessantes.

ANITTA E O BOICOTE LGBTQ+ – 146.021 visualizações

ANITTA vota BOLSONARO? E oq NÓS temos a ver com isso… – Põe Na Roda – 86.386 visualizações

ANITTA E O PINK MONEY – SpartakusVlog – 46.697 visualizações

ANITTA FÃ DO BOLSONARO – 20.520 visualizações

ANITTA: LGBT, Brasil e Bolsonaro – 6.732 visualizações

Anitta #EleNão 399.411 visualizações

Escrito por Caian Nunes

Prêmio Multishow: O que podemos esperar da performance da Anitta?

Nova “Bang Bang”? Jessie J diz que vai lançar colaborações femininas em breve