Após disputa de R$ 31 milhões, Jorge e Mateus e ex-empresário fazem acordo na justiça. Foto: Rubens Cerqueira
Após disputa de R$ 31 milhões, Jorge e Mateus e ex-empresário fazem acordo na justiça. Foto: Rubens Cerqueira
in ,

Após disputa de R$ 31 milhões, Jorge e Mateus e ex-empresário fazem acordo na justiça

Em dezembro de 2019 acaba uma das maiores parcerias da música brasileira atualmente. Trata-se de Jorge e Mateus com o ex-empresário Marquinhos Araújo. Após uma década agenciando a dupla, o executivo entrou na justiça pedindo mais de R$ 31 milhões pelo rompimento do contrato. Porém, agora tudo está resolvido. Segundo informações de Léo Dias, os três acabaram com o processo na justiça através de um acordo.

Após disputa de R$ 31 milhões, Jorge e Mateus e ex-empresário fazem acordo na justiça. Foto: Rubens Cerqueira
Após disputa de R$ 31 milhões, Jorge e Mateus e ex-empresário fazem acordo na justiça. Foto: Rubens Cerqueira

O colunista informou que procurou os advogados do ex-empresário, os irmãos Roberto e João Fonseca, que confirmaram o acordo homologado em juízo, entre as partes. Porém, eles preferiram não dar detalhes.

Relembre a disputa judiciária entre Marcos Araújo e Jorge e Mateus

No início de 2020 Marcos Araújo entrou na justiça pedindo uma multa rescisória pelo fim do contrato com Jorge e Mateus. O pedido foi realizado baseado no documento original de agenciamento estabelecido por eles, onde não havia prazo determinado para o controle dos direitos da dupla.

Ou seja, por esse acordo, não há uma data específica para a AudioMix deixar de ser a controladora da carreira da dupla e a empresa entende que, por isso, deve receber o valor da multa rescisória, que era de R$ 15 milhões na ocasião das assinaturas. O valor atualizado em 2020, com juros, chega a mais de R$ 31.7 milhões.

Porém, a equipe jurídica de Jorge e Mateus explica que em razão do contrato de agenciamento artístico não ter prazo final determinado, entende-se que 10 anos seria um período mais do que razoável para sua conclusão. Os advogados de Jorge e Mateus argumentam, então, que o valor jurídico do contrato acabou em abril de 2017.

E ainda acrescentam que esse fato era de conhecimento de Marquinhos, já que naquela época ele teria tentado renovar o contrato com os cantores, mas os artistas não aceitaram já naquela ocasião.

Escrito por Helena Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Demi Lovato anuncia que está noiva do ator Max Ehrich

Simaria posa sem roupa e destaca empoderamento feminino: "Precisamos nos amar". Foto: Pedro Dirritrow

Simaria posa sem roupa e destaca empoderamento feminino: “Precisamos nos amar”