Foto: Reprodução G1
in

Cantor gospel do Amazonas é preso após acusação por estupro de menor

Segundo o site UOL, Adriano de Menezes Soltelo teria cometido o crime na última terça-feira (8)

Um cantor gospel chamado Adriano de Menezes Soltelo foi preso na última terça-feira (8) após ser acusado de abusar sexualmente de uma jovem de 16 anos de idade. Segundo o site UOL, o crime aconteceu no mesmo dia, na cidade de Manacapuru, no Amazonas.

Foto: Reprodução G1

A publicação afirma que, em contato com a delegada Roberta Merly, a vítima compareceu a Delegacia Especializada de Polícia de Manacapuru acompanhada da mãe para informar que havia sido estuprada por Adriano, de 33 anos de idade. De acordo com o relato, a adolescente informou que já conhecia o cantor, pois eles frequentavam a mesma igreja.

Segundo a delegada, o crime aconteceu depois que o cantor alegou estar lançando uma marca de roupas de ginástica e sugeriu que ela fizesse uma sessão de fotos com as peças. A adolescente, então, teria aceitado porque precisava de dinheiro.

“Sendo assim, eles marcaram às 15h, um ponto de encontro em um posto de combustível que fica na estrada de Novo Airão. Em seguida, seguiram até o local para fazer as fotos, porém, ela achou estranho pois o lugar parecia um sítio abandonado e não havia ninguém além deles. Mesmo assim, ela colocou a roupa para iniciar as fotos, momento em que ele a agarrou e praticou o crime”, contou Roberta Merly.

O UOL também teve acesso a informações fornecidas pela Polícia Civil, que relatou que a adolescente realizou exames que comprovaram o estupro. Oficiais, então, prenderam Adriano, que foi conduzido à delegacia e autuado pelo crime. Adriano, portanto, está atualmente sob custódia e, em depoimento, afirmou que só irá falar em juízo, ou seja, perante o órgão do poder judiciário.

Além disso, conforme revelado pela delegada ao site, outras vítimas do cantor surgiram. Porém, apenas uma foi ouvida até o momento. Neste caso, ela alegou que não teve estupro, mas que Adriano teria lhe oferecido dinheiro em troca de favores sexuais. Roberta Merly declarou que o caso será investigado.

Escrito por Carolina Stramasso

Manu Gavassi rebate Zola Jesus: "Taylor Swift é boa mesmo"

Manu Gavassi rebate Zola Jesus: “Taylor Swift é boa mesmo”

Conheça as novas queens da 13ª temporada de “RuPaul’s Drag Race”