Lizzo, aplaudida de pé na edição 2019 (Foto: Getty Images)
in ,

Relembre 5 momentos icônicos do BET Awards

Lizzo, Beyoncé, Alicia Keys e muito mais na lista de performances e discursos memoráveis

Toda grande premiação deixa momentos icônicos para a posteridade. Não é diferente com o BET Awards, que celebra a excelência negra em música, cinema, esportes e filantropia. A 21ª edição acontece neste domingo (27) e será exibido ao vivo na MTV Brasil e com cobertura especial do POPline no site e nas redes sociais. E para aquecer as turbinas, vamos relembrar 5 grandes acontecimentos na história do prêmio!

(Foto: Twitter/@MTVBrasil)

Ciara homenageia Janet Jackson

Antes de mais nada é preciso lembrar que o surgimento do BET Awards deu-se pelo fato de outras celebrações como o Grammy e o Oscar serem acusados de privilegiar artistas brancos em detrimento de artistas negros (como não lembrar da Adele constrangida por vencer Beyoncé no Grammy 2017?).

O episódio do SuperBowl envolvendo Janet Jackson e Justin Timberlake trouxe danos à carreira de apenas um artista. Adivinha quem? Contudo, os organizadores da premiação em 2015 decidiram dar à Janet a honraria de ser a primeira a ganhar o “Ultimate Icon: Music Dance Visual Award”.

O que poucos sabem é que Ciara teve apenas um dia para aprender todas as coreografias de uma das artistas com coreografias mais complexas do showbusiness. Certamente, Janet ficou orgulhosa pela homenagem.

Jennifer Hudson presta homenagem a Prince

Prince havia nos deixado em abril de 2016. Era natural que as premiações que aconteceriam ao longo dos meses prestassem seus tributos ao gênio que uniu pop, funk, rock e soul em sua discografia. Contudo, a homenagem de Madonna no Billboard Music Awards em maio daquele ano não deixou os puristas felizes.

Um mês depois, o BET Awards mostrou “como se faz”. E uniu nomes como Stevie Wonder, Janelle Monáe e Tori Kelly para o tributo devido a Prince. Impossível esquecer a versão de Jennifer Hudson para o clássico “Purple Rain”.

Lizzo recria o clipe de “Truth Hurts” e é aplaudida por Rihanna

Lizzo fez uma verdadeira festa de casamento no palco do BET Awards 2019 para recriar o clipe de “Truth Hurts”, com direito a bolo de casamento gigante. A atriz Regina Hall foi a responsável por anunciar a apresentação de Lizzo e se referiu a ela como a responsável por “levar a magia da garota negra para outro nível”.

O crítico cultural Gerrick D. Kennedy também elogiou: “coloque Lizzo em um palco se você quiser ver uma performer arrasar totalmente”. O site da revista Cosmopolitan não poupou elogios e disse que foi a melhor performance do BET Awards e “literalmente a melhor coisa que você verá em toda sua vida”.

A própria Lizzo já disse em entrevistas que o momento em que Rihanna a aplaudiu de pé foi definitivo para que as pessoas finalmente conhecessem seu trabalho. E como todos sabem, a partir dali foi só sucesso!

Alicia Keys sem maquiagem no tapete vermelho

Dias antes do BET Awards 2016, Alicia Keys havia posado para a capa da revista Fault sem maquiagem, mostrando as marcas reais de seu rosto, e avisou que de agora em diante será assim. De cara limpa, se sentindo bela do jeito que é – e não do jeito que deveria ser.

E foi assim – maravilhosa – que a cantora apareceu no tapete vermelho, de vestido preto, turbante e sem maquiagem. Esse foi o primeiro evento onde a cantora aparece de cara limpa. Ela ainda fez uma incrível performance do single, “In Common”, e arrancou elogios não só pela apresentação e talento, mas também pela beleza natural.

Foto: Getty Images

Beyoncé

A edição 2020 do prêmio aconteceu de forma online por conta da pandemia de coronavírus. Mesmo com a cerimônia virtual, um dos grandes momentos foi protagonizado por Beyoncé, que recebeu o Prêmio Humanitário, honraria dada à cantora por seu trabalho beneficente com a instituição BeyGOOD.

Em seu discurso de aceitação, gravado diretamente de sua casa e exibido após a ex-primeira dama dos EUA Michelle Obama rasgar elogios à cantora, Beyoncé clamou para que o povo continue lutando pela mudança e que principalmente fosse votar “como se sua vida dependesse disso, porque ela dependia” (leia aqui o discurso na íntegra).

E, de quebra, Blue Ivy Carter – filha de Beyoncé e Jay-Z – ganhou um troféu nesta mesma edição por sua participação na música da mamãe “Brown Skin Girl” na categoria BET HER. Ela se tornou a pessoa mais jovem a vencer um BET Awards, com apenas oito anos de idade.

Curtiu esta matéria? Clique aqui para ler mais conteúdos do Oh My God! by POPline. Tem listas, curiosidades, virais, celebs, k-pop, reality shows e muito mais sobre cultura pop!

Escrito por Daiv Santos

Simone e Duda Beat lançam releitura da música “Família” para Bauducco

Nick Cruz relembra perrengue para as gravações do clipe de “Sol no Peito”