banner com link para rádio globo
Foto: Logo/Divulgação YouTube
in

YouTube Originals anuncia o encerramento de suas atividades

“Honraremos nosso compromisso com programas já contratados em andamento”, garante Robert Kyncl, diretor de negócios do YouTube

O YouTube anunciou o encerramento do seu braço de negócio com conteúdos originais, o YouTube Originals. A gigante de vídeo de propriedade do Google, disse que está encerrando sua equipe de produção original depois de mais de seis anos. O anúncio foi feito por meio de um texto publicado no perfil do diretor de negócios do YouTube Robert Kyncl, no Twitter.

De acordo com informações da Variety, recentemente surgiram notícias de que Susanne Daniels, chefe global de conteúdo original do YouTube, deixará a empresa em março. Logo depois, nesta terça-feira (18), o diretor de negócios Robert Kyncl, confirmou que o YouTube passará a financiar apenas programas que fazem parte de seus fundos Black Voices e YouTube Kids.

Leia mais:

Robert Kyncl, Diretor de Negócios do YouTube | Foto: Divulgação/YouTube

Citando o crescimento do Programa de Parceiros do YouTube para compartilhamento de receita de anúncios – que agora chega a 2 milhões de participantes – Kyncl disse que “agora nossos investimentos podem ter um impacto maior em ainda mais criadores quando aplicados em outras iniciativas”.

“Honraremos nosso compromisso com programas já contratados em andamento e os criadores envolvidos com esses programas devem esperar nos ouvir diretamente nos próximos dias”, escreveu Kyncl na mensagem postada no Twitter .

Destaques do YouTube Originals

Ainda de acordo com a publicação, quando começou em originais, o YouTube planejava fazer parte da corrida de negócios de streamings de assinatura no mundo. Mas, dentro de alguns anos, mudou – e a partir de 2018, o YouTube eliminou sua lista de séries de TV e filmes com roteiro: vários de seus projetos mudaram para outros canais: “Cobra Kai” foi para a Netflix; “On Becoming a God In Central Florida” foi para Showtime; e “Step Up” foi adquirido pela Starz.

Em vez disso, Daniels e sua equipe passaram a se concentrar em conteúdos não roteirizados em três áreas diferentes: música, celebridades e originais focados em criadores e programação educacional. Agora, o YouTube também está encerrando seus esforços nessas áreas.

Alguns dos originais mais populares do YouTube foram a série documental “Justin Bieber: Seasons”; comédia “Liza On Demand”; a série dramática “Cobra Kai”, uma continuação da franquia de movimentos “Karate Kid”; e uma série interativa com o vlogger de jogos do YouTube Markiplier.

Na frente da música, os originais do YouTube incluem projetos com Alicia Keys, Demi Lovato, Camilo e Lewis Capaldi, bem como “Released”, um programa semanal de música nova. A programação também incluiu shows ao vivo com Taylor Swift, Coldplay, Paul McCartney e Andrea Bocelli.

No Brasil, há poucos meses, o YouTube Originals lançou “Abre Alas“, série documental de seis episódios apresentada pela cantora baiana Agnes Nunes; 13 episódios da série “Crescendo com a Galinha Pintadinha”, do fenômeno kids Galinha Pintadinha; e o primeiro reality show do Porta dos Fundos, o “Futuro Ex-Porta”.

Escrito por Rafa Ventura

Natália sobre sister do BBB22: “Não foi com a minha cara”

Laís desabafa sobre morte de seu pai um mês antes do BBB22