Foto: Reprodução/Youtube
in ,

YouTube Music divulga análise da plataforma em 2020

O ano de 2020 foi marcado por uma avalanche de lives e lançamentos musicais impulsionados pela quarentena, o que alterou os hábitos de consumo dos usuários das plataformas de música de uma forma global. Os artistas precisaram ser criativos e criar estratégias digitais para alcançar o público e se diferenciar em meio ao volume de publicações. Nesse contexto, o YouTube seguiu sendo uma das plataformas mais usadas para conectar fãs e artistas de todo o mundo por meio da música. Recentemente o YouTube Music divulgou uma lista com as 100 músicas mais tocadas no Brasil em 2020, assim como 20 playlists com os top hits de diversos gêneros, como Sertanejo, Pop, Hip Hop, Forró, Pagode e outros.

Segundo dados divulgados pela plataforma, o tempo de visualização nas telas de televisão de apresentações gravadas de música ao vivo aumentou mais de 100% entre julho de 2019 e julho de 2020. Corroborando com a visão geral de que sim, há uma mudança de hábito latente ocasionada pela pandemia do coronavírus.

Além disso, trilhando o caminho de outros streamings de música, este ano, a plataforma proporcionou aos usuários acesso a uma playlist personalizada com as músicas que mais escutou, chamada “Minha Retrospectiva 2020”.

Mais tocadas

Como já era previsto, baseado no movimento do mercado, tendências e investimentos, este ano, o sertanejo mostrou sua força novamente: sete dos Top 10 são artistas do gênero. Henrique & Juliano figuram duas vezes no ranking, aparecendo em primeiro lugar com “Liberdade Provisória”.

A lista segue com Luiza & Maurílio, Gusttavo Lima, Gustavo Mioto, Jorge & Mateus e Marília Mendonça – que teve seu clipe como o mais visto do ano pelos brasileiros no YouTube. Outros gêneros que também estão no Top 10 são pagode, com o Grupo Menos É Mais, e o funk, com Niack e Pedro Sampaio, Felipe Original, JS o Mão de Ouro, que havia figurado na lista de Artist to Watch do YouTube para 2020.

  1. Henrique & Juliano – Liberdade Provisória (Ao Vivo)
  2. Grupo Menos É Mais – Pot-Pourri: Melhor Eu Ir/Ligando Os Fatos/Sonho de Amor/Deixa Eu Te Querer (Ao Vivo)
  3. Luiza & Maurílio – S de Saudade feat. Zé Neto & Cristiano
  4. Gusttavo Lima – A Gente Fez Amor (Ao Vivo)
  5. Pedro Sampaio, Felipe Original, JS o Mão de Ouro – Sentadão
  6. Niack – Oh Juliana
  7. Marília Mendonça – Graveto (Ao Vivo)
  8. Henrique & Juliano – Volta Por Baixo (Ao Vivo)
  9. Gustavo Mioto – Com ou Sem Mim (Ao Vivo)
  10. Jorge & Mateus – Cheirosa (Ao Vivo)

Confira a lista completa aqui

Palco virtual

Longe das turnês, os artistas transformaram o YouTube em um palco virtual para fãs de música em todo o mundo. Apresentações de todos os tipos foram realizadas, de festivais completos à performances para arrecadação de fundos. No ano das lives, oito das 10 transmissões ao vivo de música com maior audiência de todos os tempos no YouTube são de artistas brasileiros.

Apesar de já ser um formato popular na plataforma, especialmente em games e esportes, foi durante a quarentena que as lives ganharam força no universo da música, com os artistas se reinventando para levar novas formas de entretenimento para seus fãs. Até os festivais como Coachella, Bonnaroo e outros, foram reinventados e transformados em eventos de transmissão ao vivo.

Dentre os destaques de audiência, a cantora Marília Mendonça alcançou uma audiência ao vivo sem precedentes, com picos de 3,3 milhões de espectadores simultâneos, gerando mais de 55 milhões de visualizações no total em novembro deste ano. Seguida de Jorge & Mateus, com 3,24 milhões, e Andrea Bocelli, na Itália, com 2,86 milhões.

Confira o TOP10 das lives de maior audiência:

1. Marília Mendonça #LiveLocalMariliaMendonca – 3,31 MI

2. Jorge & Mateus – Live na Garagem – 3,24 MI
3. Andrea Bocelli (Itália) – 2,86 MI
4. Gusttavo Lima – 2,77 MI
5. Sandy & Junior – 2,55 MI
6. Leonardo – #CabareEmCasa – 2,52 MI
7. BTS (Coreia do Sul) – 2,31 MI
8. Marília Mendonça #TodosOsCantosDeCasa – 2,21 MI
9. Henrique & Juliano – 2,06 MI
10. Bruno e Marrone – 2,05 MI

Arrecadação – COVID-19

Muitas das lives listadas no TOP10 acima também engajaram milhares de pessoas a doar e contribuir para ações em prol dos mais necessitados e pessoas que ficaram em vulnerabilidade social ocasionada pela pandemia. Mas, o destaque de arrecadação ficou para “Post Malone x Nirvana Tribute”, gravado ao vivo de casa, que gerou mais de 14,6 milhões de visualizações e arrecadou mais de US $1 milhão para ajudar nos esforços contra a COVID.

O que também ganhou destaque nesse período foi o Save Our Stages Fest (#SOSFEST), um festival realizado pelo YouTube, em parceria com National Independent Venue Association (NIVA), para arrecadar recursos ao Fundo de Alívio de Emergência para o setor, levantando mais de US $1 milhão.

K-pop

O K-pop (abreviação de Korean pop) também teve um crescimento mundial durante este ano e quebrou recordes no YouTube, com BLACKPINK e BTS, juntos, liderando 8 das 10 maiores estreias nas primeiras 24 horas de todos os tempos. Traduzindo em números, “How You Like That” do BLACKPINK teve mais de 86,3 milhões de visualizações nas primeiras 24 horas e 1,66 milhão de espectadores na estreia. E “Dynamite” do BTS quebrou o recorde de estreia, conquistando mais de 101,1 milhões de visualizações nas primeiras 24 horas e mais de 3 milhões de espectadores no momento da estreia.

Além disso, marcando o pioneirismo do K-pop, BLACKPINK fará no dia 28 de dezembro, às 2h da manhã (horário de Brasília), o primeiro show ao vivo no YouTube com venda de ingressos, como um agradecimento aos seus fãs globais. Batizado de “THE SHOW”, a apresentação, que será sediada em Seul, na Coreia, será retransmitida em todo o mundo, seguindo a transmissão ao vivo original para todos aqueles que compraram acesso aos membros do canal.

Escrito por Rafa Ventura

Pabllo Vittar prepara "álbum de verão"

Pabllo Vittar prepara “álbum de verão” para 2021

Little Mix: Jesy Nelson é cotada para trabalho a TV

Little Mix: Jade Thirlwall é cotada para trabalho na TV