Foto: Divulgação Globoplay
in ,

Xuxa: “É preciso dar chance a pessoas novas na TV”

Apresentadora confirma documentário sobre sua história em parceria com o Globoplay

Estamos em 2021 e Xuxa continua sendo a eterna rainha dos baixinhos que conquistou gerações! Mas, apesar da grande popularidade, a apresentadora confessou que agora é o momento para dar chance aos mais jovens. “O que os jovens querem ouvir eu não sei se é o que eu quero falar”, declarou no “Encontro” nesta terça-feira (26).

Foto: Divulgação Globoplay

Xuxa finalizou seu contrato com a Record TV no começo deste ano e, durante bate-papo com Fátima Bernardes, falou sobre seu possível retorno à televisão.

Sincera, ela disse que está na hora de “dar mais chance para os jovens”, principalmente porque hoje eles podem não querer ouvir o que ela tem a dizer:

“Acho que a televisão tem um tempo. Enche o saco ficar olhando para a mesma cara. Acho que tem que dar chance para pessoas jovens, pessoas que estão começando. É difícil me ver agora… Nos anos 80 e 90, a televisão vivia um outro momento”.

Para a apresentadora, a viralização da internet mudou o cenário e ela não tem muitas papas na língua para se moldar de acordo com a juventude atual:

“Hoje, a internet está muito forte. O que os jovens querem ouvir eu não sei se é o que eu quero falar. Eu sou uma pessoa polêmica, eu não sou muito politicamente correta de falar as coisas que as pessoas querem, se você vier falar comigo sobre uma coisa que eu não concordo, eu vou dizer que eu não concordo, e eu não sei se é isso que as pessoas querem ouvir. Não sou muito mediadora. Eu tenho minha opinião e boto para fora”, ressaltou.

Porém, os trabalhos de Xuxa não vão acabar. Ainda no “Encontro”, ela revelou que prepara um documentário sobre sua história no Globoplay, que marca a volta de sua parceria com a emissora. Além de um filme chamado “Rainha” e um seriado.

Sobre o projeto com a Globo, ela disse que ideia era gravar shows no Brasil e na Argentina, mas, por conta da pandemia, os planos foram modificados. Ainda assim, afirmou:

“Tenho certeza que vai ser o trabalho da minha vida”.

“Esse documentário tinha que ter a mão da Globoplay, porque são 29 anos que eu vivi aqui, então não tem como fazer em outro lugar”, declarou, sem revelar quem é o diretor responsável pela obra.

De quebra, Xuxa ainda falou sobre o lançamento do livro “Betinho: o amor em forma de criança”, que conta a história real de uma criança de 2 anos que consegue guiar o pai por Angola em busca de comida.

A apresentadora esteve no país africano no ano passado quando conheceu o Betinho e o pai.

“A gente acha que a gente tem problema, então quando eu fui lá achando que eu podia dar alguma coisa, mas eu recebi muito mais, recebi tanto amor das crianças, das pessoas que trabalham lá”.

Após a viagem, a apresentadora disse que sentiu a necessidade de fazer algo pelo lugar e toda renda do livro vai ser revertida para aldeia em que Betinho vive em Angola.

Toda essa relação, inclusive, foi tão forte para Xuxa, que ela não descarta uma adoção no futuro.

“A Sasha desde muito pequeninha fala que quer adotar uma criança. Eu acho que no dia que eu encontrar um Betinho, ele se apaixonar por mim e eu por ele, eu vou fazer de tudo para levar”.

Curtiu esta matéria? Clique aqui para ler mais conteúdos do Oh My God! by POPline. Tem listas, curiosidades, virais, celebs, k-pop, reality shows e muito mais sobre cultura pop!

Escrito por Carolina Stramasso

Rock in Rio: esperançosos com a vacina, festival insiste em realização em plena pandemia

Pabllo Vittar parceria internacional

Pabllo Vittar fará parceria com MARINA?