in

Wayne Coyne confirma limitações impostas por Dr. Luke à Kesha

O vocalista do The Flaming Lips, Wayne Coyne, disse o que sabe sobre o relacionamento entre Kesha e Dr. Luke (que estão trocando processos judiciais). Em entrevista ao site Radio.com, ele confirmou que o produtor e empresário impunha uma série de restrições ao trabalho da cantora. Todas as músicas que Wayne e Kesha gravaram em 2012, por exemplo, jamais poderiam ser lançadas.

kesha-wayne-coyne-650-430

“O material que fizemos juntos era espetacular, e fez a gente querer fazer mais. Eu acho que criamos quatro ou cinco músicas, e depois a Kesha me lembrou: ‘Wayne, eu não posso lançar isso, senão o Dr. Luke vai me matar’”, declarou o músico. “Eu não conheço o Dr. Luke, mas, quando eu e Kesha nos falamos, sei que que há certa ansiedade quanto à essa relação”.

O relacionamento de Kesha e Dr. Luke se tornou ainda mais delicado, com as acusações trocadas recentemente. Para conseguir a quebra de contrato, a cantora acusa o empresário de ter abusado sexualmente dela. Antes disso, no entanto, fãs já faziam petições pedindo o rompimento da parceria, para que ela tivesse mais poder sobre sua carreira. “Eu acho que ela gostaria de ter liberdade para fazer mais coisas nesse espírito: sem produtores produzindo-a. Ela poderia produzir a si mesma, e isso é provavelmente o que ela está querendo para sua carreira”, declarou Wayne Coyne.

Escrito por Leonardo Torres

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fergie vai ao programa da Ellen DeGeneres promover “L.A. Love (La La)”, mas não canta a música

Vídeo: Nicole Scherzinger comenta faixa a faixa do álbum “Big Fat Lie”