Connect with us

Wanessa

Wanessa Camargo posta texto sobre luta contra LGBTfobia

“É muita gente sendo oprimida por causa de uma parcela da sociedade que não quer sair da sua zona de privilégio, que se baseia na ignorância e no ódio para limitar e até mesmo vetar o direito do outro”.

Published

on

Queridinha do público LGBT desde seus tempos de música eletrônica, Wanessa Camargo fez questão de se pronunciar sobre o Dia Internacional de Combate à LGBTfobia – que foi na quinta (17/5). A data é comemorada porque foi neste dia, há apenas 28 anos, que a Organização Mundial da Saúde (OMS) retirou a homossexualidade de sua lista de distúrbios mentais. Em outras palavras, a orientação sexual deixou de ser tratada como doença.

Veja o texto de Wanessa na íntegra:

“É muito gratificante pra mim poder ser, para algumas pessoas da comunidade LGBTQI+, uma porta-voz! Eu realmente me sinto privilegiada por poder usar a minha imagem, a minha música e a minha visibilidade para levar uma mensagem que é tão representativa… E quando eu digo isso, não falo apenas como uma artista ou uma pessoa pública, mas como uma cidadã – porque pra mim isso é uma missão. É o mínimo que eu posso fazer se eu quero que a nossa sociedade evolua. É muita gente sendo oprimida por causa de uma parcela da sociedade que não quer sair da sua zona de privilégio, que se baseia na ignorância e no ódio para limitar e até mesmo vetar o direito do outro. A comunidade LGBTQI+ representa uma revolução”.

Questionada por um seguidor sobre artistas que usam a comunidade LGBT como um potencial lucrativo, Wanessa fez questão de responder: “eu estou falando por mim ! E pink money é um assunto muito sério e deve sim ser pautado ! Quando eu falo o que eu falo é também como uma cidadã ! Eu faço o meu trabalho honestamente e claramente ! E a música faço por amor, não por negócio!”.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

HojeTemLive.com.br




Ranking