“Vão calar a boca!”, diz Karol G após ser chamada de gorda nas redes sociais. Foto: MEZCALENT
“Vão calar a boca!”, diz Karol G após ser chamada de gorda nas redes sociais. Foto: MEZCALENT
in ,

“Vão calar a boca!”, diz Karol G após ser chamada de gorda nas redes sociais

Karol G participou dos Premios Juventud 2020 e ao invés de ser notada pela performance vocal, o que se tornou assunto foi o seu aumento de peso. Os haters começaram a escrever em vários momentos que ela estava gorda. Em seu Instagram, a cantora deu uma ótima resposta, fazendo um vídeo bem divertido e se mostrando feliz da vida. “Na quarentena, na minha em particular, eu passei da conta, comi e comi, comi e comi“, disse.

“Vão calar a boca!”, diz Karol G após ser chamada de gorda nas redes sociais. Foto: MEZCALENT
“Vão calar a boca!”, diz Karol G após ser chamada de gorda nas redes sociais. Foto: MEZCALENT

Ela ainda seguiu: “Eu peço que vocês não façam comentários sobre meu peso. Vão calar a boca e vão guardar seus comentários“.

 

Ver essa foto no Instagram

 

A los de los Chismes , les evito la fatiga 😉

Uma publicação compartilhada por KAROL G (@karolg) em

Karol G se desculpa por usar foto de cachorro para tratar do Black Lives Matter

A colombiana Karol G tem dado uma mancada atrás da outra quando se trata do combate ao racismo. Muito criticada, a cantora de reggaeton teve que vir a público pedir desculpas. “Eu estava errada e peço desculpas. Quero deixar claro que minhas intenções eram corretas”, escreveu.

Karol G Cachorro Black Lives Matter
(Foto: Divulgação)

Primeiro, Karol G caiu no clichê de que “todas as vidas importam” e depois ela postou a foto de um cachorro preto e branco pra tratar do movimento Black Lives Matter (Vidas Pretas Importam). Ela disse que o cão era “o exemplo perfeito de que o branco e o negro ficam lindos juntos”. Agora, Karol G comenta que ainda está aprendendo e se educando quanto ao seu lugar na luta antirracista.

Karol G usa foto de cachorro para tratar do Black Lives Mater
(Foto: Twitter)

Em carta aberta, Karol G explicou que queria dizer que o “racismo é terrível” e que não pode compreendê-lo. “Existe uma única raça e essa é a humana. Eu reconheço que a maneira que me expressei não era correta. Eu apoio Black Lives Matter. Em nenhuma circunstância, alguém deveria vivenciar uma opressão sistemática por causa da cor de sua pele ou por pertencer a uma minoria. Eu apoio os protestos e as ações que acontecem para parar a brutalidade policial e o racismo”, escreveu.

A polêmica continua

Mesmo a carta gerou alguma controvérsia. Quando Karol Diz que “existe uma única raça e essa é a humana”, muitas pessoas entendem que ela não está reconhecendo, de fato, as diversas etnias e o racismo ao qual os negros são submetidos há séculos. Sobre isso, ela também se pronunciou. “Não sei a quem ocorreu de dividir a sociedade por ‘raças’. Você não tem um amigo branco, um primo negro ou um companheiro caucassiano. Você tem um amigo, um primo e um companheiro. Dane-se”, twittou.

Escrito por Helena Marques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nasce a primeiro filha de Ed Sheeran e Cherry Seaborn

Veja com exclusividade a capa single "Tristinha", música do novo álbum visual de Ferrugem. Foto: Sandro Mendonça

Veja com exclusividade a capa do single “Tristinha”, música do novo álbum visual de Ferrugem