in ,

Vanessa Hudgens ignora boicote e diz que amaria trabalhar com Woody Allen

Vanessa Hudgens não aderiu ao boicote de Hollywood ao cineasta Woody Allen – em decorrência do movimento #MeToo. Ele foi acusado de abusar da própria filha quando ela tinha sete anos de idade. Mas nada foi provado e Vanessa se mantém fã, tanto que disse ao jornal Los Angeles Times que amaria atuar em um filme dele.

(Foto: Instagram)

“Eu amo os filmes do Woody Allen. ‘Vicky Christina Barcelona’ é um dos meus favoritos. Eu não o conheço. Nunca o encontrei. Eu só sei o que ouvi. E o fato é que amo seus filmes e amo os mundos românticos que são criados neles”, declarou a atriz.

O boicote a Woody Allen levou o cineasta a perder um contrato com a Amazon. A empresa cancelou a estreia do filme “Um Dia de Chuva em Nova York” nos Estados Unidos, mesmo ele estando pronto. Atores que fizeram parte do elenco deste filme, inclusive, doaram seus cachês para organizaçõe que combatem o assédio sexual.

Escrito por Leonardo Torres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Harry Styles realiza audições do álbum “Fine Line” para fãs na Alemanha e na França

Em vibe festiva, Rincon Sapiência lança o clipe de “Me Nota” com participação especial de Rael