NCT
Foto: Reprodução / Internet
in

Taeyong, do NCT, desabafa sofre bullying que sofreu

Taeyong inspira a quem também passa por momentos difíceis.

Recentemente o astro de K-POP Taeyong, membro do NCT, fez uma longa live para seus fãs e acabou falando sobre os tempos de escola, quando sofria bullying. Visivelmente emocionado, ele falou a verdade sobre as dificuldades que passou, mas conseguiu superar. Assim, ele consegue ajudar para quem passa algo similar no presente.

NCT
Foto: Reprodução Instagram @taeoxo_nct

Quando eu era estudante, passei por momentos muito difíceis. Quando eu estava na 9ª série, meu professor de sala de aula e meus pais me mandaram para ficar com meus avós por um mês“, lembrou. A situação foi tão grave que ele teve que abandonar a escola por um mês. “Naquela época eu estava olhando para o meu telefone e estava extremamente assustado“, continuou ele, reportando que agressores estavam enviando mensagens assustadoras para ele e o ameaçando.

Por este motivo os colegas de escola de Taeyong entraram em sua defesa, ressaltando que ele era uma boa pessoa que “ajudava os fracos e era intimidado pelos chamados garotos populares” ou que “ele era intimidado pelos garotos fortes e ficava em silêncio… Ele nunca fez barulho. Ele gosta de desenho e anime“.

Ele mal falava na escola, por isso não tinha muitos amigos. Foi educado e simpático com os professores“, explicaram os colegas.

Com isso, ele ressaltou uma lição que aprendeu dos avós: “Meus avós me disseram para fazer o que eu quisesse, apenas ser que eu sou, e foram uma grande força para mim“, disse ele, sendo que a casa da avó se tornou um porto seguro.

Assista ao vídeo

Comentários de brasileiros nas lives

Como de costume, os brasileiros estavam presente na live de Taeyong e enviaram mensagens, em português, mesmo. A maioria pedia para ele ir dormir, já que era madruga. Outros comentários eram mais inusitados: “você é hétero ou é normal?”; “você apoia o tráfico de anões?’. Que senso de humor diferente!

Escrito por Caian Nunes

João Luiz revela lançamento pop favorito dos tempos de confinamento

Facebook doa R$ 10,8 milhões para combater a fome no Brasil